quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Somos vários personagens em um só ser.



Somos a arte da criação
Somos vários personagens em um só ser.

Ao amanhecer desperta o guerreiro
No decorrer do dia outros surgem
Conforme o movimento
Sábio, cientista, médico, professor...

Quando a noite chega
É hora de despir as armaduras
Se entregar à emoção
Sentir além do olhar
Deixar aflorar
O que esteve contido
Enquanto a razão precisava acontecer
Hora de ser simplesmente você.

Desprender os pés do chão
Dar asas à imaginação
E voar alto
Sonhar até onde o coração alcançar.

Somos a mistura
O equilíbrio
A sanidade e a loucura
Em um corpo contido.


Tânia Gorodniuk

www.tginspira.com.br


Vencer sempre...




Vencer ou perder?

Vencer é acordar a cada amanhecer
E viver com garra e determinação.

Perder é deixar a vida para depois.

Para mim não existe perda 
Quando há aprendizado.

A gente vence ao abrir os olhos
Ao adquirir sabedoria
A gente vence a cada passo
Cada vez que escreve no coração
A nossa história
Fundamentada sempre no amor e na luz.

Você venceu ao nascer
E vence a cada dia
Quando despertar com alegria e diz:
Vou ser feliz!

Momentos são instantes únicos
Em que a vida sorriu
De dentro para fora.



Tânia Gorodniuk




terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Não olhe para trás...



Hora de seguir sem medo o presente
Manter o coração latente
Ousar na criatividade
E seguir viagem.

Tânia Gorodniuk

www.tginspira.com.br


terça-feira, 6 de janeiro de 2015

É na alma que a vida vibra!



"Tudo o que é valioso
Cresce no jardim do coração." (Osho)

Quando o mundo compreender
Que é através dos sentidos que tudo acontece
A vida terá muito mais cor
Aroma
Sabor
Som
Toques que nos farão viajar
Sem sair do lugar.

Quem aprende a tocar a alma
Já não mais se importa com o corpo
Quando na verdade tudo acontece
Num sopro.

É na alma
Que a vida vibra!



Tânia Gorodniuk

www.tginspira.com.br

Quando se quer, tudo muda.

  Quando se quer Noite vira dia Obstáculo vira aprendizado Sonho vira realidade Quando se quer Tudo se transforma. Quando se quer, tudo muda...