domingo, 2 de julho de 2017

Todos juntos em pleno voo...





A caminhada pode às vezes parecer no meio do nada
Completamente solitária.

Mas é nesta hora que tudo aflora
Que a mente transcende
E a gente compreende
Porque aqui chegou.

Sinta o vento
Mantenha o movimento
Acredite no que sente
Ouse tocar
Além do olhar...

Ninguém está sozinho
Quando em pleno caminho
Interage com tudo o que toca
Aprende com tudo o que chega
Descobrindo em si um mundo maior.

Os passos podem parecer solitários
Aos olhos do corpo,
Mas na visão da alma
Todos estamos juntos em pleno voo.


Tânia Gorodniuk





Nenhum comentário:

Deixa chover quando algo apertar...

Quando por dentro algo apertar Deixa chover Solte o que sufoca Liberte o que sente no ar. Às vezes é preciso desaguar Deixar o que sen...