quinta-feira, 27 de julho de 2017

Somos o que sentimos!



Lá fui eu voar nos meus pensamentos
Tocar os sentidos
E sentir...

A manhã ainda acorda
Quando chego ao Parque da Água Branca
Subo as ruas e percebo árvores imensas
Belezas naturais
Que tocam o olhar.

Então deixo a imaginação correr solta...
Somos todos árvores
Fomos sementes plantadas na vida
Para florescer
Para ser em nosso espaço o melhor que se pode ser.

A árvore aguenta o tempo, o vento
Enverga às vezes os galhos
Mas continua firme
Sem se quebrar.

Viemos para esta passagem para sentir
Desenvolver nas tempestades o brilho da alma
Somos pequenos diamantes brutos
Que só se lapidam com o atrito
Pouco a pouco a vida ensina
Que o que fortalece nos faz brilhar.

As pessoas endurecem
Quando esquecem de sentir
Morrem por dentro
Só para viver o lado de fora
Sendo que a vida é
O que aflora dentro de nós.

Passear a cada manhã entre a natureza
É aflorar em mim o sentir
É abrir as janelas do coração e sorrir
É deixar as portas abertas
Para o novo dia entrar
Trazendo o que preciso para viver.

Somos o que sentimos
Transformamos tudo dentro de nós
A nossa diferença é ter um coração.

Solte as asas
Liberte os sentidos
Receba da vida
Um novo olhar
Uma nova maneira de viver.


Tânia Gorodniuk




Nenhum comentário:

O amor vai mantê-lo acordado toda a noite...

Às vezes tentamos fugir de nossos próprios pensamentos E esquecemos que por um momento o nosso subconsciente trabalha sozinho independ...