terça-feira, 25 de julho de 2017

O amor cria asas, voa enquanto se faz...



O amor é semente, fruto, essência de tudo o que somos, o que nos faz
Viver e ser.

O amor é um vento que do nada chega
Toca, invade, permeia
Aconchega
Floresce
Cresce
E quando se percebe
Virou fruto
Criou asas e voou
Para semear outro mundo de amor.

O amor não se prende
Não se guarda
Apenas viaja
Conforme o vento
Permeia os tempos
Promove os sentidos
Floresce em sorrisos
Fecunda os corações
E assim eterniza a vida
Num mundo além.

Que o amor siga
Nesta estrada chamada vida
Dando movimento
Transformando através do tempos
O mundo
Semeando a cada segundo um novo florescer.


Tânia Gorodniuk




Nenhum comentário:

Como descobrir um sentir...

Como descobrir um sentir? Sente-se num lugar tranquilo Silencie aos poucos por dentro Sinta a sua respiração Ouça o com...