sexta-feira, 28 de julho de 2017

No silêncio da noite o amor toca e provoca um doce suspiro...



A noite tudo silencia
Menos o sentir que irradia dentro do peito.

É ao anoitecer que ele grita
Aos quatro ventos o amor
Enquanto tudo dorme
O sentir voa tocando as estrelas
Fazendo-as brilhar.

No escuro da noite
O amor reluz
No silêncio da madrugada
Uma canção é entoada.

Noite adentro
O amor aconchega nos corações sonolentos
Enquanto na alma beija
O doce sentimento.

Não estranhe
Se numa noite qualquer
Você acordar
E num suspiro despertar
É o amor que foi te beijar.


Tânia Gorodniuk





Nenhum comentário:

Um dia o que vive dentro aflora em pleno sentimento...

Pouco importa o que o corpo toca Quando na alma transcende O que por dentro nos faz. Sinto o que ainda não chegou Mas em outra dimen...