quinta-feira, 27 de julho de 2017

É noite de Lua!


É noite
Tudo acontece
Quando o corpo pára
E a mente voa no sentir.

Lá vou eu
Conversar com a Lua
Que me encanta e
Ilumina o meu sonhar.

Fecho os olhos e sinto
O som suave do coração
No mesmo instante ele suspira
E diz o que o faz.

Há tanto que dizer
Há tanto que entender
Mas por hora as peças ainda não se encaixam
Falta um pedaço
Falta um sopro
Falta um laço.

Hora de voar
Mesmo em preto e branco
Para sonhar colorido
E amanhecer mais uma vez sorrindo.

Minha doce Lua
Ajude em minha procura
Encontre
Ilumine
Guie nesta noite
A minha alma
Traga-a de volta ao amanhecer
E se eu merecer
Abra mais uma porta do saber.

Fecho os olhos e sinto
O vento me tocar
Enquanto a Lua
Beija o meu olhar.


Tânia Gorodniuk




Nenhum comentário:

Quando um vento direcionou o olhar para um sentir...

Ninguém foge do destino O que está marcado para acontecer, um dia acontecerá. Num instante de luz A alma voou Levou no sentir o ...