segunda-feira, 31 de julho de 2017

Quando o olhar se abre tudo muda.



Enquanto a gente olhar a vida somente com os olhos do corpo, veremos pouco.

Mas quando ampliarmos o olhar para os olhos da alma
O Universo se abre
E a gente entende que a vida vai mais além.

Meu santuário terrestre
Meu ninho
Lugar que a terra se conecta ao céu
Elevando o meu corpo num sopro
Até a alma vibrar.

A semana só começa quando estou lá.

Tânia Gorodniuk




O poder de um abraço


Um abraço
É um laço
O aconchego
O encontro de dois corações.

O abraço fala em silêncio:
Te aceito
Te respeito
Te quero
Te protejo.

O abraço toca a alma
Enquanto o corpo aproxima.

Há também os abraços
Que tocam sem encostar
Que chegam em pensamento
Que aquecem por dentro
Que afagam
Tranquilizam num sopro.

Abraço
É o jeito mais simples de dizer:
Amo você.

Um abraço ajuda a qualquer hora
Em qualquer lugar.

Um abraço diz:
Vai passar.
Estou aqui,
Está tudo bem,
Fique calmo,
Eu gosto de você.

Quando não souber o que dizer
Abrace
Deixe este simples gesto falar em silêncio
O que toca no coração.


Tânia Gorodniuk






No olhar se encontra o amor maior...



No fundo do olhar se encontra a luz da alma
O espelho do que há por dentro.

No olhar se esconde os mais belos segredos
Os mais lindos amores
O melhor que se viveu.

A gente esconde no corpo
Marcas do passado
Sentimentos guardados
Mas no olhar é impossível esconder
O que vibra, vive e pulsa
Mesmo sem querer
Mesmo sem razão de ser.

Por querer a gente voa
Por amar a gente transcende
O corpo agradece sorrindo
A alma responde sentindo
Enquanto a vida abre as portas
A cada amanhecer.

No fundo do olhar se encontra
Toda uma história
Que poucos conseguem ler
É preciso silêncio
Para abrir a porta e se aconchegar
É necessário amor para entrar.


Tânia Gorodniuk





A vida é tão passageira...



A vida é tão passageira
Anda contínua
Passa ligeira
Como uma viagem de trem.

Tudo o que somos
Tudo o que temos
Levamos consigo
Num pequeno espaço
Dentro do peito.

A vida passa e arrasta um pouco de nós
Em cada estação há uma troca
De cenário
De passageiros
Alguns se vão
Outros chegam
E a viagem continua.

A cada paisagem
Um aprendizado
A cada toque
Um novo olhar.

Quando o trem chega ao destino
Percebemos que tudo passou
E a gente só levou o que sentiu
Amor.


Tânia Gorodniuk






Gratidão!



Às vezes se espera por algo grande
Uma transformação imensa.

A vida mostra diariamente
Que nosso maior tesouro
O grande milagre acontece a cada amanhecer
Quando ela traz um sopro para viver.

Gratidão
Pela luz
Pelo ar
Pelo vento
Pelo Sol
Pela Lua
Pelo tempo
Pelas pessoas que por nós passam
Pela magia que acontece a cada olhar.

Obrigada por meu mundo
Obrigada por tudo
Obrigada à você
Que ao passar por aqui lê, gosta, curte e compartilha.

Gratidão hoje e sempre!


Tânia Gorodniuk






Me acalma tocar a alma.



Me acalma
Sentir algo dentro de mim
Conectar mente, alma, coração
Em um só sentir.

Me acalma
Tocar a alma
Sentir a energia que dela irradia
Voar na liberdade de um sentimento
É um mágico instante de luz.

Me acalma beijar o vento
Deixar que o tempo alivie o que sinto
Me acalma saber que tudo flui
Quase sem querer.

Me acalma
Quando o corpo suspira
E a alma leve sorri
Trazendo paz ao coração.

Me acalma
Quando esqueço o que vejo
E por um momento
Fecho os olhos e apenas
Sinto...

Tânia Gorodniuk



Significado, algo completamente pessoal.



Significado é o valor agregado, totalmente pessoal.

Vivemos a procura de respostas
Algo que nos toque
E provoque um novo olhar
Que desperte uma nova experiência
Que agregue novos significados.

Na verdade o que somos?

Somos uma experiência vivida,
Repleta de histórias,
Algo que nasce, toca e a partir deste instante passa a ter um significado.

Então podemos dizer que somos uma vida repleta de significados, constantes, mutantes, eternizados, únicos e inesquecíveis.

Cada UM carrega o seu próprio significado.
Para mim, o céu é um horizonte de oportunidades, que o vento escreve de maneira única nas entrelinhas do Universo, enquanto desenha de maneira rara com as nuvens que por ele pairam.

Para outra pessoa o céu terá um significado completamente diferente, e não estou falando de poesia, embora não consiga escrever de outra forma, é realmente o que vejo cada vez que ergo meus olhos para o céu.

Agora vamos para algo material: o que é um carro?
Um veículo de transporte, um sonho de consumo, a liberdade tão esperada...
São vários significados para a mesma coisa.

Eu diria na minha humilde experiência, que hoje o ser humano busca de forma única um significado para tudo o que almeja.

Sejam bens materiais, valores filosóficos, relacionamentos, carreira profissional, entre outros.

Para quem observa nos detalhes, o mundo está mudando, caminha para uma vida com valores mais humanos, estamos voltando a ativar os sentidos, escutar mais a nossa voz interior, o coração.

Alguns podem até negar, mas que há uma onda em movimento transformando por dentro, há!

A vida é um mar de significados...

Teste e descubra o seu.

Tânia Gorodniuk



Amor, um sentir com significado...

Amor 
Um sentir com significado em cada coração iluminado. 

Vale a pena ver o vídeo, deixe as lágrimas cairem 
É sinal que há amor. 


Tânia Gorodniuk



Liberdade é não ter medo!



Liberdade é não ter medo
De dizer o que sente
De fazer o que gosta
De ser quem é.

Liberdade é ser você
É ter limitações,
Ter desejos,
Vontades,
Seguir sem receios,
Libertar a coragem.

Liberdade é uma forma de amor
Para a construção da sua felicidade
E assim de todos
Que estão à sua volta.

Liberte-se de si mesmo
Para sentir a vida em movimento.

Liberdade é ir além
Encontrar a coragem e seguir
Deixar fluir o coração
Voar nesta emoção,
Sonhar
Encontrar o que te faz sorrir.

Voe rumo ao teu sentir...


Tânia Gorodniuk




Quero perder o fôlego a cada momento



Hoje resolvi falar um pouco de mim...

Quem é a Tânia hoje?

Mantenho a minha essência sempre intacta.
O mundo sempre tentou roubá-la de mim,
Todos querem mudar o seu jeito de ser, de viver, de falar, de andar...

Mas se eu for ser como eles querem, não serei mais eu, serei eles.

A Tânia sonha? MUITO.
A Tânia ama? SEMPRE.
A Tânia sofre?
SIM, mas nunca perde a esperança de que amanhã é um novo dia.

Nos últimos meses tenho me decepcionado muito com as pessoas e tento entender os porquês.
Elas nunca serão igual a mim, elas não tem o mesmo modo de pensar.
Mas uma coisa me chamou a atenção, a forma de lidar com o ser humano.
O mundo tornou-se consumo geral, de objetos e pessoas.
A maioria te olha como produto, como número, você é somente mais um.
Que valor é esse?

Sou espontânea e cheguei até a brigar com Deus o porque eu tenho de ser tão coração,
Enquanto o mundo lá fora não se importa.
A amizade, a bondade, a honestidade, o amor, a verdade são coisas de outro planeta.
Eu não entendo...

Mesmo enxergando um pouco a mais, mesmo sentindo a minha intuição a flor da pele,
Eu continuo acreditando no ser humano.
Que um dia seus olhos poderão ver o que eu hoje vejo e sinto.

Continuo me emocionando diante de uma história de fé, de luta, de amor.
Amo estender a mão, doar um ouvido, dividir um abraço.
Eu faço porque gosto, me sinto bem, me sinto feliz.
Se eu puder de alguma forma ser útil nesta vida, valeu eu estar aqui hoje.

O que me fere são aqueles que fazem o mal por gosto, querem te ferir por prazer.
Hoje eu os entendo e tenho pena, porque hoje sei que eles não tem a noção do que fazem.
Nestas horas eu me fortaleço e mais uma vez compreendo a minha missão com as palavras, com a escrita. Estou aqui para passar o que sei, o que vivo, o que sinto,
A verdade sobre os meus sentimentos e sobre a minha vida.

Cada momento uma nova história, uma nova lição, um novo aprendizado pra mim também.

Quero contar a minha vida pelos suspiros,
Pelos momentos em que perdi o fôlego tamanha emoção.
Quero sentir viva pertencente de um universo que inspira e conspira a teu favor, em prol do amor.

A Tânia é assim, transparente, fala o que sente, vive o que diz.

Muitos quiseram podar minhas asas e neste instante eu fiquei infeliz, eu morri por alguns segundos...
Mas depois fortalecida percebi que a minha liberdade é voar e seguir meu caminho.

Seja você do seu jeito,
Não pode suas asas,
Viva conforme o seu coração e seja feliz,
Afinal, a vida é hoje
E hoje você merece sentir, viver e sorrir.

Quero perder o fôlego a cada olhar
Cada vez que a vida por mim passar...

Tânia Gorodniuk




domingo, 30 de julho de 2017

Amor um sentir que inebria, enlouquece...



Era uma vez...

Um vento
Um sopro
O amor chegou
Tocou de mansinho
Entrou devagarinho
E se alojou.

Um amor sem voz
Sem rosto
Nem forma
Apenas um amor
Um doce sentir.

Quando amanhece
Ele vibra
Diz baixinho
Vamos que hoje é dia
De amar.

A cada passo
Uma luz
Uma imagem
Um som
Um toque
Que massageia
Este sentimento.

Ao anoitecer
Ele abraça por dentro
Afaga a alma
Acalma o coração e diz:
Apenas sinta
Sonhe
Se entregue ao sentir.

Era uma vez
Quando o amor se fez
Muitos confundem
Forma
Cor
Sabor
Ele é apenas amor
Algo que inebria
Enlouquece
Quando a gente simplesmente sente.

Amor é fogo
Amor é água
Amor é tudo
Amor é nada
Amor é um sentir
Não há explicação
Quando ele chega
Arrasa
Mostra que a vida é muito mais
Do que se vê
Vai além dos sentidos
Quando o corpo silencia
Para a alma falar.

Amor é a luz
Que nasce no brilho do olhar
Que desponta no sorriso
Que toca sem tocar.

Se for falar de amor a noite vira dia
E o dia não termina
Pois assim é o amor
Eterno enquanto chama.



Tânia Gorodniuk


Amor que é amor fica pra sempre dentro da gente...



Amor que é amor
O tempo não apaga
O vento não leva
Ninguém toca
A não ser quem o criou.

Amor que é amor
Nasce devagarinho
Abraça de mansinho
E quando o corpo percebe
Já se aconchegou.

Não queira esquecer
Aquilo que um dia florescer
Um instante mágico
Que fez vibrar o coração.

Relembre com um sorriso no rosto
O gosto de um sentir:

Era tarde ou noite
Era sol ou Lua
Pouco importa o cénario
Quando o sentir ficou marcado
Para sempre na mente.

Um olhar
Um sorriso
Um toque preciso
Que te fez flutuar
A terra virou mar
A noite virou dia
Quando o coração pediu passagem
Para a doce viagem no amor.

Quem não queria ter tudo outra vez?

A gente ama
Sofre
Se machuca
E mesmo assim
Volta a amar outra vez.

Amar é ser
Amar é viver
Amar é colocar o meu eu em outro ser
Amar é aprender
No olhar em outro rosto
No sorriso em outro coração
Amar nada mais é do que experimentar o que sou
Num corpo que não tenho
E juntar o desejo em uma só alma
É iluminar quando a chama do amor se acende
Ao beijar coração com coração.

Amar é libertar o que há em mim
Para voar
E se assim for
Pousar para florescer
Em outro lugar.

Tânia Gorodniuk




Hora de apenas silenciar...



Há momentos em que o corpo se desfaz
Em que a alma chora
Para verter em lágrimas o que dói.

A gente olha e não entende
Refleti, pensa e não compreende
A diferença que há do que sente para o que vê
Algo acontece por dentro
E outro diferente acontece do lado de fora
O que fazer?
O que dizer?
Onde tocar e procurar uma resposta?

Hora de silenciar
Fechar as portas
Se aconchegar no ninho
Fechar os olhos
E devagarinho sentir a respiração
Esvaziar a mente
Relaxar...

Hora de se preservar
Deixar que o tempo
Mostre qual caminho tomar
Hora de simplesmente ser
Andar sem ver
Viver sem ter
Por instantes deixar de sentir
Dar um tempo para o coração respirar.

Momentos únicos
Que ensinam que é hora de parar
Hora de frear o desejo
Hora de guardar a vontade
E viver sem pressa de chegar
Hora de andar em passos lentos
Ouvindo apenas o movimento do coração.

Hora de ser mundo
Hora de ser eu
Por apenas um segundo.

Tânia Gorodniuk


A gente aprende devagarinho...



Devagarinho a gente aprende
Que amar é o que toca
Que sentir é o que fica
Que viver é quando por dentro a alma vibra
Quando o coração pulsa feliz
Mas tudo isso acontece pelo caminho
Devagarinho
A gente entende
Que o que as mãos não seguram
Fica guardado para sempre.

Tânia Gorodniuk





A vida é um sopro, um toque, uma dança que nos faz viver.

Foto by Illan Suarez

Quero ouvir o som do vento
Sentir no toque o tempo
Tocar no olhar o que me faz
Sorrindo sempre mais
Andar sem tocar o chão.

Quero dançar a luz da Lua
Voar por entre as nuvens
Sentir no pés a terra
Tocar no horizonte o meu olhar.

Quero viver dançando
Na melodia do coração
Quero cantar com a alma
Enquanto um sopro ousar me despertar.

Quero tocar os sentidos a cada amanhecer
Perceber que a vida toca
Enquanto por dentro a vida pulsa
E num suspiro nos faz viver.

Quero e quanto mais quero
Faço acontecer.


Tânia Gorodniuk



Uma história de fé e amor.



Uma história de fé e amor.

A sua, a minha, a dela, a Fé.

Uma das vezes que viajei para Ribeirão Preto resolvi conhecer a Catedral que fica no centro da cidade.

Fiquei olhando a decoração da igreja, o silêncio total lá dentro e observei algumas pessoas que estavam ali, umas entravam pediam e saiam, outras ficavam um pouco mais.

Mas uma coisa me chamou a atenção: a fé de cada uma delas. Estavam ali num momento de súplica, para um pedido importante. A gente se apega a algo para angariar forças e prosseguir.

Sou um livro aberto e não tenho vergonha de relatar as minhas experiências, mas em Ribeirão estava sozinha, num momento delicado, precisava de um tempo para colocar as idéias em ordem.  Fiquei refletindo... Senti que meu mundo se abriu e um abismo se formou. Sozinha ali, fiquei rezando e pedindo forças, as quais não possuía mais. Nesta hora percebi o quanto a gente necessita de algo para se agarrar e não escorregar morro abaixo. Você precisa de uma luz, um sinal, uma ajuda porque no momento suas emoções o cegam, você precisa de fé. 

Como sempre trago um aprendizado destas reflexões e destes momentos, aqui está mais uma:

Olhando as pessoas ali na catedral eu percebi algo que eu mesmo fazia errôneamente. A gente acha que é conhecedor da verdade. Que verdade? A verdade é relativa, é algo particular de cada um. Pra mim a minha religião é a melhor, para o outro não. Quem somos nós para tirar a fé daquele que se agarra nela pra viver? Foram apenas trinta minutos dentro da igreja mas o que eu vi foram anos de luta, lágrimas, amor, fé, gratidão, petição e garra para continuar vivendo. Vocês sabem o quanto a gente se sente impotente diante de uma situação difícil? Já imaginou se você não tivesse a fé?

Saí de Ribeirão agradecendo a Deus a oportunidade desta lição. Não é somente na religiosidade, mas no jeito de ser de cada um, cada um é feliz do seu jeito. Não tem certo ou errado, tem somente o seu jeito de ser e de viver.

Que cada um possa um dia perceber que o outro é somente o seu reflexo e respeitá-lo sempre.

Religiosidade é uma luz que nos guia, ilumina e alimenta.


Tânia Gorodniuk





Aproveite cada segundo da vida!



Hoje é o dia
De esquecer tudo o que passou
Deixar na bagagem apenas a coragem
A fé
O amor
E a vontade de seguir...

Vamos a uma nova estrada
Repleta de oportunidades
A cada curva a vida surpreenderá
Deixe o coração aberto para sentir.

Hoje o tempo parou
Para dizer:
Você está pronto?
Chegou a hora
Vim para buscar
A sua vontade de viver
Vamos, quero te mostrar
Algo novo.

Vamos viver
Vamos aprender um pouco mais
Se deliciar na paisagem
Angariar sabedoria
E curtir a magia da vida
Um pouco mais.

Vamos viver?

Um super domingo feliz!

Aproveite cada segundo o que te faz feliz
O que faz teus olhos voarem
Na direção de um sentir.

Tânia Gorodniuk



Domingo de manhã o coração falou de amor...



Há coisas que a gente deseja
Olhar sem pressa
Dizer sem medo
Contar um segredo ao ouvido
De outro alguém.

Eu preciso te falar
Te contar o que há no coração
Um sentir
Que vibra há tempos
Que espera a chegada do doce momento
Em que os corpos se encontrarão
Para viver
A essência de um sentimento.

Um querer
Que chegou com o vento
Um desejo
Que floresceu
Quando a alma vibrou
E abriu a porta do coração.

Se perguntar a razão
Não há motivo
Mas se questionar a emoção
Faz sentido.

A cada som
O sentir aquece
Explode dentro do peito
O corpo vibra
Procurando conter o que sente.

Um dia
Vai valer
Cada minuto contido
Em que o coração pulsou
Em prol deste amor.

Eu preciso te falar
O que acontece dentro de mim
A cada olhar
A cada toque
Que o vento me traz
Você!

Tânia Gorodniuk



sábado, 29 de julho de 2017

Palavras ao vento, memórias que o tempo eternizou por amor...



Parei para olhar o tempo
Quando o vento ousou abrir
A porta e deixar um sentir fluir...

De repente tudo volta
A viagem
O encontro
A surpresa
O medo
A grande descoberta.

Uma manhã simples
Num dia comum
O sol despertava
Os animais corriam, voavam
Se divertiam
A natureza sorria
Só por mais
Um lindo dia.

Tudo tão calmo
Sereno
Pleno
Inexplicavelmente perfeito
Em sua harmonia.

Em plena cidade
Um silêncio angelical.

Impossível não se maravilhar
Com a grandiosidade do toque.

Enquanto a mente imaginava ter terminado
A alma resolve surpreender
Encantar
Fazendo o corpo tremer
E desaguar.

Uma emoção sem fim
Um toque que eternizou
A vida por amor.

Há tanta coisa que a mente não entende
Mas tudo o coração sabe
A alma grava
E o corpo sente.

A vida é um grande livro
Com páginas repletas de desenhos e rabiscos
Algumas a gente assimilou e aprendeu
Outras ainda serão desvendadas
Tudo na sua hora marcada.

"O mestre chega quando o aluno está pronto." (AD)

Que possamos nos preparar
Usufruir de tudo o que chega
Eternizar tudo o que toca
E nos faz sempre mais.

Uma imagem
Uma viagem
Um sentir
Um história
Que o coração eternizou
Quando o corpo pela primeira vez
Tocou a alma num breve olhar.

Tânia Gorodniuk

Inspire-se www.tginspira.com.br/blog






Encontre o que te faz!

Foto tirada no Parque da Água Branca- SP

Bom dia!

Você ao acordar olhou pela janela,
Agradeceu
E viu o céu?

Hoje literalmente Deus acordou inspirado
Desenhou no céu o seu amor
Só pra gente sentir,
Despertar
E sorrir.

A felicidade está nas pequenas coisas da vida
E geralmente são de graça
Basta olhar
Sentir e perceber
O coração vibrar de prazer.

Hoje viva!
Observe tudo ao seu redor
As respostas,
Os caminhos se encontram onde a gente passa
E às vezes nem olha.

Hora de mudar o foco
Hora de sentir
Se inspirar
Criar...

Vamos?

Encontre o que te faz!


Tânia Gorodniuk






Para o amor TUDO é possível!



Não há limites
Quando a gente liberta o coração
Quando a gente decide tocar a alma
Num olhar.

Para o amor tudo é possível
Quando o sentir voa no tempo
Trazendo ao presente
O que nos faz.


Tânia Gorodniuk




sexta-feira, 28 de julho de 2017

Somos luzes!


Enquanto sinto
O universo escuta
A voz do meu coração
Ondas vibram
Energia pura
Flui sem perceber.

Quem fecha os olhos sente
Um toque
Um vento
Um doce sentimento.

O que somos?
Pura luz
Energia
Almas
Que se tocam a noite
Quando desprendem dos corpos
Para buscar em outro lugar
O amor.

Se ao amanhecer
Você sorrir
Parabéns
Você tocou algo maior
Enquanto sonhou.

Que a luz
E o amor toquem o coração
Embalem o corpo
E vibrem na alma o sopro de vida.

Tânia Gorodniuk





No silêncio da noite o amor toca e provoca um doce suspiro...



A noite tudo silencia
Menos o sentir que irradia dentro do peito.

É ao anoitecer que ele grita
Aos quatro ventos o amor
Enquanto tudo dorme
O sentir voa tocando as estrelas
Fazendo-as brilhar.

No escuro da noite
O amor reluz
No silêncio da madrugada
Uma canção é entoada.

Noite adentro
O amor aconchega nos corações sonolentos
Enquanto na alma beija
O doce sentimento.

Não estranhe
Se numa noite qualquer
Você acordar
E num suspiro despertar
É o amor que foi te beijar.


Tânia Gorodniuk





Um sentir que abraça o coração.


Quando o mundo silencia
É possível escutar o coração falar.

Há um sentir
Que flui mesmo sem razão
Que toca quando o vento sopra
E abre a porta.

O corpo suspira
A mente voa
Enquanto por dentro tudo aflora.

Fecho os olhos
Volto no tempo
Reabro as memórias
Sinto tudo presente.

Há no ar um sopro
Há no corpo o gosto
Há o que sempre esteve junto
Um toque profundo
Do sentir que aproxima
Encanta e reluz.

Quando tudo pára
O coração acelera
Mostrando que a alma ainda vive
Onde o amor está.


Tânia Gorodniuk




Hoje deixa-me sentir!



Sentir
Fluir
Sentidos
Toques
Sons
Sensações...

O corpo grita
Procura
Requer
A mente borbulha
O coração vibra, pulsa, acelera...

Viva a vida que surpreende
A cada toque
A cada despertar
A cada sentir.

Tânia Gorodniuk






Sou, somos, seremos tudo e nada a caminho de sermos mais



Somos o sopro
A vida num toque
O Universo num sorriso
O horizonte num olhar
A canção ao despertar.

Somos sentidos 
Vibrantes
Únicos.
 
Momentos 
Em que tudo se perdeu
Para encontrar o que somos por dentro.

Somos completamente diferentes
De uma maneira igual
Somos assim
O tudo e o nada
A caminho de sermos mais.



Tânia Gorodniuk



Amigo...

Amigo é aquele Que te sente Que escuta o teu coração Que enxerga além do corpo Que toca num sopro A alma da gente. Amigo é um...