terça-feira, 6 de junho de 2017

Silenciar quando a gente não entende...



Como todo ser humano
Me entristeço ao ver e sentir
A falta de valores
A ausência de carinho
A inexistência de amor.

Nestes raros momentos
Silencio por fora
Tento harmonizar a paz
Buscando por dentro
O que me faz.

Manter a essência
Em momentos obscuros
Requer força e coragem
Para gritar ao mundo
Que ainda há esperança no futuro.

"Nada como um dia após o outro
Com uma noite no meio" - palavras de uma grande amiga.

Há dias de puro aprendizado
Onde silenciar é a tarefa maior
E chorar é desaguar o que não se entende.

Aprendizado
Momento único que a vida chega e ensina.


Tânia Gorodniuk





Nenhum comentário:

A felicidade encantada

Esta noite Eu quero uma estrada Que leve o meu sentir Até onde o coração pousa Aconchega E ousa ser feliz. Quero encontrar O que ...