terça-feira, 13 de junho de 2017

Às vezes chove...



Há tempos você não vê uma luz
Há tempos nada acontece
Um longo período de seca
Cerca o seu coração

Mas as vezes chove
Chove nas mais variadas formas
Chove num sorriso
Chove através de um olhar
Chove ao ver alguém
Chove simplesmente

Chove em uma lembrança
Chove pela saudade
Chove pela esperança
Chove pela vontade

Deixa chover
Para que as emoções apareçam
E você possa então
Enxergar a luz.

Quando chover por dentro
Deixe acontecer
Deixe o sentimento aflorar
E dizer o que o coração sente.


Tânia Gorodniuk




Nenhum comentário:

Reconhecer...

Reconhecimento Não é algo que chega Mas sim algo que a gente descobre por dentro. Reconhecer requer autoconhecimento Requer um mome...