domingo, 4 de junho de 2017

Ando revelando...



Hora de revelar negativos
Trazer cor a fotos antigas
Fazer da vida algo maior
Hora de transformar mágoas passadas
Hora de rever amores antigos
Hora de abrir o que está escondido
Iluminar o interior.

Que aprendizado
Quanto coisa temos guardado
Sem motivo algum
Hora de espairecer
Reviver
Reescrever
Amar
Hora de ficar leve
Para voar outra vez.

Transforme a imagem apagada
O nada que anda por dentro
Em um novo sentimento.

Hora de vir à tona
Uma nova vida
Uma nova história
Um novo álbum de memórias
Presentes
Alegres
Repleta de luz e amor.


Tânia Gorodniuk




Nenhum comentário:

Me apaixonei quando voei...

Me apaixonei quando libertei minhas asas e voei... A vida é puro vento Sentimento que sopra Emoção que abre a porta e nos faz. Pai...