terça-feira, 9 de maio de 2017

A importância do diálogo franco e aberto



Depois de tantas mudanças
Faltava um ajuste final
E ninguém encontrava o ponto chave.

Até que alguém sugeriu
Marque uma reunião emergencial entre o presidente e o colaborador.

Chamaram o colaborador que mais entendia sobre a empresa e marcaram um encontro com o presidente.

Ambos foram aconselhados para fazer uma lista de tudo o que era preciso ajustar, assim nada passaria desapercebido.

O presidente comunica seu desapontamento nas relações básicas entre os colaboradores e suas respectivas gerências.

O colaborador por sua vez pontua algumas divergências:

- Quando fui chamado para trabalhar aqui havia mais comprometimento, havia muito mais interação direta entre a presidência e o funcionário. Hoje é tudo tão distante, tão robótico, insensível que acabamos perdendo a vontade de pertencer. Tantas palavras adornam os relatórios, mas nenhuma tem função prática. Exemplos: reconhecimento, feedback, direcionamento, resultados, direitos e deveres. Ainda somos humanos, necessitamos de uma troca que aguce a nossa motivação, necessitamos de alguém que direcione e não limite a nossa produção, resultados vem através de uma equipe feliz, embuída de valores comuns, todos no mesmo navio. Se faz necessário um canal aberto para falar quando algo não está fluindo bem.

O presidente ouviu tudo anotou algumas coisas e falou:

- Em muitas coisas concordo com você, com o crescimento há falta de tempo para tantos pontos e vírgulas. Acredito que a empresa muitas vezes cobrada pelo mercado sufoca os colaboradores, hora de rever a estrutura, enaltecer a missão e adequar as engrenagens. Há de olhar com carinho para os benefícios que a empresa oferece e que em momento algum atrasou os pagamentos ou alterou os direitos de cada um. Como você mesmo disse a vida é uma via de mão dupla, damos e recebemos ao mesmo tempo através dos direitos e deveres. Não podemos jamais esquecer que somos humanos e como tal devemos ser respeitados. Este encontro foi um marco e será agraciado com uma nova forma de gerenciar a empresa, um canal aberto entre quem coordena e quem faz. Todos os dias quero a interação pontuando os prós e os contras de cada ação dentro da empresa. Somente assim cresceremos e alcançaremos os resultados.

Um olhar gerencia, vários olhares observam, criam e transformam o que ainda ninguém viu.

Moral do encontro:

Você pode ter conhecimento e não ter a vivência ou o contrário ter a prática e não ter a teoria, o importante é dividir sempre, compartilhar as dúvidas e as descobertas. Várias mentes pensam melhor que uma e todas juntas chegam ao objetivo mais fácil.

Diálogo aberto é o que falta no mundo corporativo.

Num mundo onde apenas o "EU" fala não se chega a lugar nenhum.


Tânia Gorodniuk



Nenhum comentário:

Amor de avós, Feliz Dia dos Avós!

Amor de avó Amor de avô Que gostoso que é Dizem que são pais duas vezes. Avós brincam... Coisas de avó: Crochê Tricô Bordad...