domingo, 23 de abril de 2017

Um sentir que eterniza a vida em outro lugar...




Há quem diga que tudo passa
Mas o que toca, fica e eterniza
Cria vida em outro lugar.

Quando o sentir permeia
O corpo vibra, levita
E a alma flui
Na direção do coração.

Enquanto a mente liberta
O pensamento desenha
Construindo em pleno mar aberto
O castelo que nos faz.

Entre indas e vindas
O corpo transcende
A mente compreende
Que o que vê
É apenas o que o coração sente
Quase sem querer...


Tânia Gorodniuk




Nenhum comentário:

Uma carta ao tempo...

Será que vale a pena? Será que alguém entende? Será? Será que as palavras ainda são capazes de levar o que se sente? Será que os ...