quinta-feira, 2 de março de 2017

Não há limite para um sentir fluir...


Não há limite para a conexão de um coração
Tudo é possível
Atravessar além do que o corpo vê
Sentir além do que por dentro flui
E tocar em outra dimensão
O que na alma vibra e convida a cada sentir
Uma nova emoção.

Além do horizonte há muito mais
Para se ver, sentir e tocar
Além do olhar há muita estrada ainda desconhecida
Há muito mais vida além da ponte que liga o corpo à alma,
A mente ao coração.

Só é preciso
Sentir
Silenciar
Até ouvir a voz que ecoa
Além do céu
Além do mar
Além muito além
Na imensidão do Universo
No mergulho profundo
No nosso mundo interior.

Quem sente, ouve
Quem percebe, vê
Nas minuciosas luzes
O meu eu em você.

Todos podem
Todos devem
Porém poucos observam e percebem
O que paira no ar
O que toca por dentro
O que vive muito além do olhar.


Tânia Gorodniuk




Nenhum comentário:

Mudar, nem sempre é sinônimo de prazer.

A mudança nem sempre é prazerosa. A gente tem medo de mudar Até que um dia Depois de um tempo A gente muda sem pensar Num silencioso m...