quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Amor um sentir que flui, voa e eterniza a vida por onde toca...


O amor é como o vento
Um sentir que flui
Nasce e eterniza enquanto há vida
Enquanto sopra e provoca algo em nós.

Um sentir que é para sempre
Que se molda
Aconchega
Vive junto
Mora dentro
Faz parte do corpo, da alma e do coração.

Enquanto corpo, toca
Enquanto coração, pulsa
Enquanto alma, voa sem direção.

Amor
Sentir que permeia
Perpassa
Uni mundos
Toca profundo
Cria raíz
Vira semente
Torna-se fruto
Para começar tudo outra vez.

Quem ama não esquece
Quem ama vibra
Porque amar é ar
Amor é vida
E sentir é a única forma de interagir
Entre ser e ter
Entre viver e eternizar
O que foi
O que é
O que para sempre será
O que nos faz
Amar a cada dia mais...

Pouco importa se há reciprocidade
Quando o amor que nos faz
É o que fica
O que vibra e conecta a vida em nós.


Tânia Gorodniuk




Nenhum comentário:

Um dia o que vive dentro aflora em pleno sentimento...

Pouco importa o que o corpo toca Quando na alma transcende O que por dentro nos faz. Sinto o que ainda não chegou Mas em outra dimen...