domingo, 7 de agosto de 2016

O amor quando chega, insiste, persiste até eternizar vida em outro olhar.



Às vezes o que há entre dois corações
É apenas algo imaginário
Uma porta que se coloca por proteção
Medo de sofrer
Medo de deixar o sentir fluir.

Mas o amor é mais forte
Insiste
Persiste em ficar
Vibra com tudo
Aos poucos move o que o separa
Então num toque preciso
Os corpos se tocam
Se sentem
Ousam descobrindo juntos
O maior poder
Que é o amor.

Numa dança sincronizada
Alma, corpo e coração
Voam juntos na emoção.

Deixam a cada passo
A melodia fluir
Guiar os seus passos
E neste doce compasso
Envolvem
Laceiam
Sentindo na pele
O que toca e provoca por dentro
Um doce sentimento.

Não dá para esquecer
Tão pouco negar
O amor quando chega
Arrasa
Permeia
Escreve
Eterniza a vida em outro olhar.


Tânia Gorodniuk



Nenhum comentário:

Um dia de Domingo!

Um dia de domingo... Amanhece O cheiro de orvalho ainda paira no ar Abro a janela Deixo o Sol entrar Fecho os olhos só para sentir...