segunda-feira, 9 de maio de 2016

Conhecimento, um ato solitário.



Aprender
Buscar o desconhecido
Descobrir novas formas
Outros caminhos
Novos destinos
Encontrar numa doce ventura
O que há tempos se procura.

Conhecimento um ato solitário
Que requer pensar, refletir, filosofar.

Depois de entender
A mente deseja transcender
Compartilhar
Interagir
Buscar no outro uma nova explicação.

Quando descobrimos
Que a nossa visão se retringe a um pequeno espaço
Almejamos abrir caminho
Para ver no todo o que ainda não se percebeu.

Conhecimento é buscar nas palavras
O código das letras
É perceber nas entrelinhas
O conteúdo escondido.

Para conhecer é preciso debulhar o que se vê
Desmanchar o que se lê
Redesenhar o que se compreendeu.

Conhecimento é um movimento constante
Que lapida a pedra bruta
E a transforma em diamante
Aquele que ensina e ilumina
Mesmo ao longe.


Tânia Gorodniuk




Nenhum comentário:

Como é gostoso sentir o abraço que chega...

Como é gostoso receber no vento O abraço que chega Saber que em pensamento a gente se conecta Enquanto a alma tudo sente. Fecho os ...