sábado, 28 de maio de 2016

A gente deseja tocar o que sente no toque das mãos.



A gente deseja
Um olhar que fala
Um sorriso que aconchega
Um toque que beija mesmo sem tocar.

A gente deseja
Alguém que conduza
Que inspire o melhor que há em nós.

No fundo a gente deseja
Alguém que dance
No compasso de dois corações
Na melodia de uma só alma
No pulsar de um só sentir.

A gente deseja
E enquanto sente
Beija a alma
Em outra dimensão.
A gente deseja tocar o que sente no toque das mãos.

Tânia Gorodniuk


Nenhum comentário:

A felicidade encantada

Esta noite Eu quero uma estrada Que leve o meu sentir Até onde o coração pousa Aconchega E ousa ser feliz. Quero encontrar O que ...