terça-feira, 31 de maio de 2016

A cada anoitecer a minha alma espera a sua para dançar.


 
Quando a noite chega
Suavemente a Lua beija o meu olhar
O meu corpo se delicia na imensidão das estrelas
O vento afaga o meu rosto
Enquanto enlaço o meu coração.

Aos poucos me entrego ao sentir
Liberto minha alma para seguir
Ao encontro do que a faz
A sua alma que se encontra em algum lugar.

Repentinamente o corpo adormece
E a mente registra tudo
Cada toque
Cada suspiro
Cada sentido que é acionado
Num lindo sonho encantado.

Quando o encontro termina
A alma retorna
Despertando o corpo num imenso sorrir.

A cada amanhecer
A vida traz um toque a mais.

Enquanto o dia acontece
O corpo não esquece o que o tocou
Até que a noite a alma volte a encontrar o que a faz voar...


Tânia Gorodniuk





Nenhum comentário:

Um amor coragem...

O que me inspira e me faz flutuar Quando por algum motivo o chão se abre? Um amor coragem Um sentir que chega Abraça e aconchega ...