terça-feira, 31 de maio de 2016

A cada anoitecer a minha alma espera a sua para dançar.


 
Quando a noite chega
Suavemente a Lua beija o meu olhar
O meu corpo se delicia na imensidão das estrelas
O vento afaga o meu rosto
Enquanto enlaço o meu coração.

Aos poucos me entrego ao sentir
Liberto minha alma para seguir
Ao encontro do que a faz
A sua alma que se encontra em algum lugar.

Repentinamente o corpo adormece
E a mente registra tudo
Cada toque
Cada suspiro
Cada sentido que é acionado
Num lindo sonho encantado.

Quando o encontro termina
A alma retorna
Despertando o corpo num imenso sorrir.

A cada amanhecer
A vida traz um toque a mais.

Enquanto o dia acontece
O corpo não esquece o que o tocou
Até que a noite a alma volte a encontrar o que a faz voar...


Tânia Gorodniuk





segunda-feira, 30 de maio de 2016

A importância do Feedback



Em alguns contextos a palavra feedback pode significar resposta ou reação.

O feedback pode ser positivo ou negativo, mas sempre será reflexivo.

É importante salientar que este retorno agrega e muito para o crescimento pessoal ou profissional.

Queremos sempre saber se estamos atingindo os objetivos, se estamos sendo acertivos na elaboração de um projeto.

O feedback alinha, redefine, mostra algo que a gente não teve a chance de observar, além de nos fazer refletir.

Nem sempre o que recebemos como feedback será o esperado, muitas vezes não concordaremos, porém este será o melhor retorno, pois nos impulsionará para o nosso objetivo.

É importantíssimo dar o feedback seja ele qual for, uma resposta, uma crítica, um elogio ou uma ideia.

Nós nunca saberemos se estamos no caminho certo se não houver um feedback.

Olhe sempre suas mensagens e responda mesmo que seja um ok.

#ficaadica


Tânia Gorodniuk




Hoje sinta o coração e voe na emoção...



A vida te desperta a cada amanhecer
O Sol diz "bom dia"
Viver é por sua conta
A escolha do caminho
O destino
O como fazer
É você que decide.

Ouse
Inove
Tente
Faça o hoje acontecer
A estrada é sua
Corra!

Sinta o coração
E liberte o corpo para voar
Na direção do sentir.

Ligue o som
Dance, balance
Começe o dia sorrindo. :)


Tânia Gorodniuk




domingo, 29 de maio de 2016

Toca-me...



Como é gostoso sentir
Se entregar sem medo
Ao que vive por dentro.

A alma toca
No corpo provoca
O pulsar dos sentidos
Um a um exala, enaltece e nos faz.

Que o vento traga
O que na alma vibra
O que no corpo permeia
Trazendo um colorido à vida.

Se entregue quando algo tocar
Ame sem querer
Ame sem razão
Ame só para sentir
A doce emoção que é amar
Que é mergulhar nas ondas do amor.

Toca-me
Viaje no meu bem querer...


Tânia Gorodniuk





Refletir antes de ser



Diante de tanto alvoroço
De tanto burburinho externo
Aquieto o corpo
Respiro
Inspiro
Enquanto a mente se posiciona para discursar
O coração agitado tenta controlar as emoções
Que transitam
Oscilam
Gritam sem parar.

Há de se ter cuidado
Com tudo que se ouve ou vê
Há de se ter cuidado
Com tudo o que se diz.

Muitos compram falsas "verdades"
Replicam o que nem sabem
Antes mesmo de conhecer.

Me preocupa a falta de sensatez
A omissão do amor
A energia negativa que se instala
Cada vez que o mundo grita.

Nestas horas silencio
Repouso o corpo e reflito em tudo que passou.

Somos energia
Uma frequência única
Que precisa constantemente estar atenta
Ao que capta e emite.

Se a vida tudo reflete
Será que estamos emitindo o que gostaríamos de ter?

Se o mundo é uma onda
Será que estamos pegando a onda certa?

Certo é aquilo que se adequa aos nossos valores
Que transforma o que somos no que queremos
Em prol do bem a favor do amor.

Há de se ter cuidado
Com o trem desenfreado que se pega
Antes mesmo de saber para onde ele vai.

Enquanto houver a tempestade
Se abrigue do vento
E ilumine por dentro.

Silêncio maior é aquele que acontece por dentro
É aquele que mesmo sem som, grita
E ensina que é nesta hora onde tudo silencia
Que a gente descobre o melhor em nós.


Tânia Gorodniuk






sábado, 28 de maio de 2016

Um amor de almas


Um vento trouxe
Um sentir sem dono
Um pulsar sem rosto
Um toque sereno, gostoso
Tão doce...

Me entreguei às ondas de prazer
Deixei o corpo sentir
A mente se envolver
Ousei seguir o meu querer.

Um amor de almas toca sem encostar
Aproxima distâncias sem chegar
Encanta enquanto a mente sente ao longe
O que faz o toque bem perto.

Quem acredita que o amor é apenas corpo
Mal sabe o gosto que a mente sente
Quando as almas se tocam
Em pleno tempo presente.

Amor é um sentir
Que flui entre mundos
Que toca profundo
Mostrando que a vida é mais além.

Um amor de almas é assim

Quem toca eterniza
Quem sente não esquece
Quem vive quer sempre mais...


Tânia Gorodniuk




A gente deseja tocar o que sente no toque das mãos.



A gente deseja
Um olhar que fala
Um sorriso que aconchega
Um toque que beija mesmo sem tocar.

A gente deseja
Alguém que conduza
Que inspire o melhor que há em nós.

No fundo a gente deseja
Alguém que dance
No compasso de dois corações
Na melodia de uma só alma
No pulsar de um só sentir.

A gente deseja
E enquanto sente
Beija a alma
Em outra dimensão.
A gente deseja tocar o que sente no toque das mãos.

Tânia Gorodniuk


sexta-feira, 27 de maio de 2016

O poder do amor




O amor tem o dom
A cor
O sabor
A magia
De transcender
Transformar
Mudar
Fazer a vida acontecer entre mundos
Tocar profundo o nosso ser.

Hoje te desejo
Amor por dentro
Amor por fora
Amor que aflora em tudo o que vê
Que provoca o que sente
Que te acorda e promove
Um novo olhar.

Experimente ao menos uma vez
Amar sem razão
Amar o que vê
Amar o que toca
Amar o que vibra e te faz.

Quem ama não esquece
Quem ama eterniza a vida em outra dimensão.

Ame ao menos hoje
E receba algo que nunca viveu.


Tânia Gorodniuk




A arte de fazer conexões.



Nascemos fazendo a conexão entre o mundo físico e espiritual.

Vivemos na conexão entre corpo e alma.

Mantemos dia a dia a conexão entre mente e coração.

Vivemos buscando uma conexão entre nós e o mundo, um lugar para interagir, ser.

Constantemente, mesmo sem perceber, fazemos a conexão mental com algo ou alguém. O nosso cérebro não pára, está sempre buscando informações, aprendizados, conhecimentos, lógicas, razões para tudo o que acontece.

Fazemos diariamente a conexão entre amigos, familiares, seja em casa ou no trabalho, estamos sempre buscando algo que nos conecte ao que somos e o que sentimos, ao que vemos e tocamos.

Não basta sentir é preciso interagir, tocar do lado de fora o que nos faz.

Queremos "trocar figurinhas", dizer o que pensamos e ouvir o que ainda não pensamos.

Somos seres em constante reflexão, queremos sempre mais e mais.

Mais informação, mais conexão, mais sobre tudo.

Mas será que estamos nos preparando para receber isto tudo?

A conexão se faz um a um, pouco a pouco, como alimento, uma porção por vez.

É preciso digerir, assimilar, compreender, usufuir, agregar e viver, só depois passar para o próximo passo.

Na ânsia de querer tudo, pouco se interioriza, pouco se usufrui e por isso a vida parece trazer novamente o que a gente "acha" que já sabe, mas não compreendeu na verdade.

Fazer conexão é unir, somar, agregar e usufruir do conhecimento apreendido.

Conhecimento é pleno movimento, é a vida em constante interação. Ela não pára, pulsa tocando um a um, vivendo entre a mente e coração.

A vida é pura conexão, interação entre nós e o mundo.


Tânia Gorodniuk


quarta-feira, 25 de maio de 2016

Um segredo, amar tudo o que vejo...



Já corri
Já chorei
Já parei
Já fiz tanto
Que nem sei...

Hoje a vida passa
E eu vou
Em passos lentos
Usufruindo de tudo
Registrando um mundo
Dentro de mim.

Descobri com o tempo
Que o que se leva
É apenas sentimento.

São memórias gravadas
Sentidos que ficam
E nos fazem sorrir.

Hoje não tenho pressa
Tenho vontade
Desejo
E um segredo
Amar tudo o vejo.

Hoje sou
O que em mim flui
E o que me faz voar
O que me faz ir além do olhar
O que me guia
O que me faz sempre mais...

Tânia Gorodniuk




domingo, 22 de maio de 2016

Felicidade é quando a vida beija o seu olhar.




Felicidade
É sorrir com vontade
É sentir sem razão
É tocar fundo a emoção.

Felicidade é um vento que sopra
Provoca por dentro
E acende um delicioso sentimento.

Felicidade é quando a vida pára
E beija teu olhar
Provocando no rosto
Um super sorriso gostoso.


P.s. Foi um momento inesquecível eternizado pelas lentes da fotógrafa Christine Louise Sitton.


Tânia Gorodniuk

quinta-feira, 19 de maio de 2016

Tenho medo...


Tenho medo
Quando a dúvida paira no ar.

Tenho medo
Em momentos de decisão
Será que estou no caminho certo?
Será?

Tenho medo de errar
E às vezes por ter medo
Erramos sem querer.

O que fazer quando a dúvida se instala?

R E S P I R A R...

Feche os olhos
Ouça a sua respiração
Faça outra coisa
Disperse o pensamento por um instante.

Tome um café
Um chá
Um copo de água
Algo para desfocar.

Depois de alguns minutos
Sente-se
Enumere os prós e os contras
Reavile a situação
Pondere o que possui
Decida pelo que é melhor
Mais acertivo.

Mesmo assim não descarte uma falha
Somos seres em constante evolução
Quando se tenta acertar, nada é errado
Tudo é aprendizado.

Ter medo é normal
Ter dúvida faz parte
O importante é buscar sempre o conhecimento
Este é a única luz que precisamos para momentos de decisão.

Tenho medo
Quando não sei.

O medo freia
Para que eu possa buscar
O aprender que acelera.


Tânia Gorodniuk




terça-feira, 17 de maio de 2016

Você pode!



Tudo bem...
Você pode.

Você pode achar que não é nada
Você pode se esquivar
Você pode desdenhar
Você pode.

Você pode
Tudo o que desejar.

Você pode sonhar
Desenhar
Sentir
Seguir
Voar
Agir
Você pode.

Você pode
Mudar o mundo
Canalizar o vento
Abrir caminhos
Você pode
O que quiser.

Só há uma coisa que você não pode
Impedir que o tempo passe
E grave no corpo um sentir
Tatue na alma um sentimento
Eternize um momento.

Você pode abrir a porta
Ou fechar a janela
Mas não pode deixar que a vida sopre no olhar um toque
Que permeia o corpo e incendeia a alma
Quando um sentir resolver beijar seu corpo num sopro.

Você pode ao menos uma vez
Sentir
O que vibra
O que permeia a vida entre os tempos
Passado, futuro e presente
Unindo-os num toque preciso
Único
Inesquecível
Você pode!

Você pode
Tudo e muito mais
Só não deixe para trás
O que te faz.




Tânia Gorodniuk




terça-feira, 10 de maio de 2016

Para nunca esquecer...


O que é ser humano?

Não sou perfeito
Tenho falhas
Arestas a serem acertadas
Não tenho super poderes
Mas tenho comigo o que sinto
O meu amor
E com ele vou
Desejo
Ouso sem medo
E para ser completo
Preciso de outro olhar
Preciso sentir o eco do meu coração
Necessito ver refletido o meu amor num sorriso
Preciso tocar nas mãos
O que vibra por dentro
O que me faz a cada toque
Quero abraçar
Aconchegar
Aninhar em meu peito
O som
O cheiro
O toque
O gosto do que me faz
E a cada toque aflora o melhor em mim.
Preciso, desejo e quero
A união de dois corações
Numa só alma
Onde juntos faremos um lar de amor.


Tânia Gorodniuk




segunda-feira, 9 de maio de 2016

Conhecimento, um ato solitário.



Aprender
Buscar o desconhecido
Descobrir novas formas
Outros caminhos
Novos destinos
Encontrar numa doce ventura
O que há tempos se procura.

Conhecimento um ato solitário
Que requer pensar, refletir, filosofar.

Depois de entender
A mente deseja transcender
Compartilhar
Interagir
Buscar no outro uma nova explicação.

Quando descobrimos
Que a nossa visão se retringe a um pequeno espaço
Almejamos abrir caminho
Para ver no todo o que ainda não se percebeu.

Conhecimento é buscar nas palavras
O código das letras
É perceber nas entrelinhas
O conteúdo escondido.

Para conhecer é preciso debulhar o que se vê
Desmanchar o que se lê
Redesenhar o que se compreendeu.

Conhecimento é um movimento constante
Que lapida a pedra bruta
E a transforma em diamante
Aquele que ensina e ilumina
Mesmo ao longe.


Tânia Gorodniuk




domingo, 8 de maio de 2016

O mundo mais ou menos.



A gente aprendeu desde cedo a viver num mundo mais ou menos
Com pessoas mais ou menos
A ter coisas mais ou menos
Em escolas mais ou menos
Trabalhando em lugares mais ou menos
Tendo sempre serviços mais ou menos
Mais ou menos sempre foi a referência.

No caminho a gente multiplica o mais ou menos
E assim o mundo fica mais ou menos.

Até que um dia a gente precisa de algo competente
Mas num mundo mais ou menos
Só teremos alguém mais ou menos.

É lamentável perceber que a vida se tornou mais ou menos.

Para mudar é preciso querer algo melhor
Não mais ou menos
Feito de qualquer jeito
Mas sim com conteúdo
Com competência em executar,
Com vontade em fazer.
Pare de fazer tudo mais ou menos
E comece a fazer algo diferente
Algo que surpreenda e mostre ao mundo mais ou menos
Que é possível ser sempre mais.



Tânia Gorodniuk

sexta-feira, 6 de maio de 2016

É na alma que tudo acontece, cria vida e eterniza.



A gente pensa que amar
É tocar no corpo o gosto do nosso sentir
Mal sabe que na verdade
Amar é sentir o que na alma já tocou
O que no tempo se propagou
Quando o amor se fez em outro lugar.

Como é gostoso sentir
Algo tão mágico
Que do nada chega
Te aconchega
Beija
E num sopro faz o corpo vibrar
A mente voa
Enquanto coração entoa
A canção do amor.

Amar é sentir nos lábios o toque
No rosto o sopro da respiração
É vibrar na pele a conexão
É sentir a junção de almas
Em outra dimensão.

Amar é sentir sem ter
É tocar sem ver
É amar simplesmente
Por querer sentir tudo outra vez
O que por um instante nos fez.

Quando a gente descobre
Que é na alma que tudo acontece
A gente liberta o corpo
E voa sem pressa
Sentindo num sopro
Onde tudo começa.


Tânia Gorodniuk







Como onda a vida acontece...



Me movimento pelo que sinto 
Pelo que me toca e provoca 
Às vezes o que vejo pouco importa.


Tânia Gorodniuk



Um amor sem começo, sem meio, sem fim...




Um amor transcende
Quando a gente entende que é para sempre.

Algo que toca e provoca
Onde estiver
Que passa através dos tempos
Beija a qualquer momento
E nos faz.

Um amor assim
Não tem fim
Quando eterniza por dentro a vida.

Quando permeia
Incendeia
E a cada toque semeia mais amor no ar.

Amor que é amor
Não vem pra ficar
Mas sim fazer história
Gravar na memória o que nos fez
Por alguns instantes um ser vibrante.

Um amor sem começo,
Sem meio,
Sem fim...


Tânia Gorodniuk




quinta-feira, 5 de maio de 2016

Vivendo em conjunto...


Normas são regras, leis para que se possa viver em conjunto, numa sociedade em harmonia.

Conduta é a maneira que o ser humano se comporta perante algo ou alguém, suas atitudes.

Direitos todos possuímos à vida, à saúde, à moradia...

Muitos desejam apenas os direitos, mas e os deveres?

O dever de respeitar
O dever de manter
O dever de cuidar
O dever de amar
O dever de ser sempre alguém melhor
À favor do bem.

No campo profissional todos querem os direitos, seja um salário, férias, transporte, refeição, seguro de vida, assistência médica e por aí vai, mas quando se fala em deveres a coisa pega.

Tudo na vida é um "TOMA LÁ, DÁ CÁ".

Se a gente quer solicitar algo precisamos primeiro cumprir com nossas responsabilidades, dar o exemplo e assim requerer alguma coisa.

É preciso SER
Alguém de luz
Um ser de amor
Que convive e respeita as diferenças
Que acredita no amanhã
E que faz acontecer.

Normas, condutas, direitos ou deveres só serão válidos quando houver um indivíduo disposto a ser antes de tudo alguém.


Tânia Gorodniuk

Um gesto apenas...




Pequenos gestos movem o Universo 
Transformam o mundo
Revelam segredos 
Transcendem no tempo.

Um gesto apenas
É o que o mundo precisa
O que o homem necessita
E a vida pede a cada amanhecer.


Tânia Gorodniuk

Uma estrada...



Às vezes na correria do dia uma estrada é tudo o que a gente precisa
Mas nem sempre é possível.
Então o que fazer?

Procure um lugar confortável
Uma cadeira
Uma janela
Inspire 
Expire e não pire ;)

Sinta-se viajando por dentro
Entre em seus sentimentos
Percorra no tempo o que te faz
Traga o passado ao presente
Leve o que sente ao futuro.

Fique por alguns segundos onde o seu mundo transborda
Capte as energias
Somos todos sentidos
Necessitamos sentir a vida tocar por dentro.

Viver é sentir tudo e mais um pouco.



Tânia Gorodniuk




quarta-feira, 4 de maio de 2016

Reconhecendo a beleza



A flor de lótus representa a pureza do corpo e da mente.

A água lodosa que acolhe a planta é associada ao apego e aos desejos carnais, e a flor imaculada que desabrocha sobre a água em busca de luz é a promessa de pureza e elevação espiritual.

A real beleza aflora em momentos de plena transformação
A gente aprende sentindo na pele
A teoria na prática.

Saiba reconhecer em outro ser a beleza que nem mesmo ele ainda enxergou.

Agradeça sempre o presente ao despertar
Viva sorrindo
Espalhando amor no ar.

Que a luz e amor te façam companhia.


Tânia Gorodniuk


Amor de avós, Feliz Dia dos Avós!

Amor de avó Amor de avô Que gostoso que é Dizem que são pais duas vezes. Avós brincam... Coisas de avó: Crochê Tricô Bordad...