quarta-feira, 13 de abril de 2016

Sou e sempre serei o sentir que habita em mim, amor.

Fotos by Christine Louise Sitton, Tiago Silva, Illan Suarez e Reginaldo Martins.


Sou e sempre serei o sentir que habita em mim
Muitos perguntam se tenho um amor
Tenho, um amor interno que permeia
Aquece, incendeia a cada toque
Ainda sem forma
Tem apenas a magia que de longe irradia
É ele que me faz a cada dia mais
É este amor que não me deixa fraquejar
É este amor que me dá coragem de continuar.

Um dia quem sabe
A vida me presenteia
E numa curva qualquer
Me deixe tocar nas mãos
O que vive e vibra no coração.

A alma já tocou
E sabe onde está
Cabe ao corpo esperar ele chegar.

Amo e sempre amarei
A frase que me define: "AMOR DEMAIS".



Tânia Gorodniuk


Nenhum comentário:

Uma carta ao tempo...

Será que vale a pena? Será que alguém entende? Será? Será que as palavras ainda são capazes de levar o que se sente? Será que os ...