sábado, 19 de setembro de 2015

A vida acontece no silêncio de um olhar...


A gente acredita que a vida é somente movimento
Mas é num instante de silêncio que tudo acontece.
 
 Foi assim mais uma vez que o amor vibrou
Numa avenida em que o coração voou... 
Avenida Francisco Junqueira onde tudo começou.


No aroma das folhas
No sentir do vento
Abre-se as portas de um sentimento.
Entrada do Bosque Fábio Barreto



A vida acontece entre as mais variadas espécies.
Este veio dizer olá.


Uma linda passarela une a realidade e o sonho, a coragem e o amor.



Eis que surge após uma pequena subida
A entrada tão sonhada.
O Jardim Japonês



Um caminho
Um destino
Uma história sem fim...


Uma entrada
Uma porta
Que esconde em cada canto
Um sorriso
Um pranto
Uma história de amor.



Uma trilha que une o corpo a alma
Que conecta a terra ao céu.



A poucos passos encontra-se a linha
O limite que separa o que sinto com o que vejo.


Um canto que abriga
Histórias de outras vidas.



Do lado de cá
Em outro ângulo
A lembrança de um momento único
Em que o corpo se iluminou.
 


A luz do Sol mostrou que o que vive
É para sempre.



Você pode perder um pedaço de pedra
Mas jamais perderá a energia que reina
Na luz de um coração.
 

Uma árvore
Um banco
O silêncio do encanto
No pensamento.
 


Não importa o ângulo
Por onde os olhos passam
O amor percorre junto
Toca tranquilo
Flui profundo.
 


 A história de uma cultura que ensinou nos mínimos detalhes o que é amor.
 


No barulho das águas
A natureza se cria
No balanço dos ventos
Ela agradece ao tempo
A vida em movimento.
 

Um silêncio
Um minuto
Um toque profundo 
Em que olhar voa sem sair do lugar.
 

Como não poderia faltar
Aquele que me guiou na primeira vez
Ao lugar em que a luz se fez presente
Em meu olhar.



O tempo passou
E o que antes era nada
Floresceu.


 Um pequeno bichinho
Mostrando que o ninho
É o melhor lugar.


A árvore da vida
Fonte de energia
Conhecimento contínuo
Unindo corpos com suas almas.



Seis horas da manhã
Quem surge para me desejar bom dia?
Ele, meu doce bem-te-vi que me segue noite dia
Entre São Paulo e Ribeirão
Só para dizer:
Estou com você!


Um passeio pela cidade
Relembra os instantes em que o passado vira presente
E floresce no olhar.



É quase primavera
As flores perfumam, encantam e exalam amor no ar.


Termino a viagem onde tudo começou
Sei que é apenas uma passagem
Com direito a volta
Para tocar o meu amor.

Ribeirão Preto meu eterno amor!


Tânia Gorodniuk





Nenhum comentário:

A arte de amar...

A arte de amar Requer desejo Vontade De estar presente Se sentir latente O mundo tocar dois corações em um só olhar. Amar requer ...