quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Liberdade é ser, desvendar, viver...





Liberdade
É aprender a voar sem sair do chão
É soltar a alma em outra direção
É deixar o coração voar sozinho
Guiando seus passos pelo caminho.

Liberdade
É despreender-se de tudo
Para simplesmente ser e viver
Muito mais além do que o corpo vê
Mas o espírito sente
O que há além do olhar.

Liberdade é voar sem medo
Descobrir e se redescobrir a cada amanhecer.


Tânia Gorodniuk




sábado, 19 de setembro de 2015

A vida acontece no silêncio de um olhar...


A gente acredita que a vida é somente movimento
Mas é num instante de silêncio que tudo acontece.
 
 Foi assim mais uma vez que o amor vibrou
Numa avenida em que o coração voou... 
Avenida Francisco Junqueira onde tudo começou.


No aroma das folhas
No sentir do vento
Abre-se as portas de um sentimento.
Entrada do Bosque Fábio Barreto



A vida acontece entre as mais variadas espécies.
Este veio dizer olá.


Uma linda passarela une a realidade e o sonho, a coragem e o amor.



Eis que surge após uma pequena subida
A entrada tão sonhada.
O Jardim Japonês



Um caminho
Um destino
Uma história sem fim...


Uma entrada
Uma porta
Que esconde em cada canto
Um sorriso
Um pranto
Uma história de amor.



Uma trilha que une o corpo a alma
Que conecta a terra ao céu.



A poucos passos encontra-se a linha
O limite que separa o que sinto com o que vejo.


Um canto que abriga
Histórias de outras vidas.



Do lado de cá
Em outro ângulo
A lembrança de um momento único
Em que o corpo se iluminou.
 


A luz do Sol mostrou que o que vive
É para sempre.



Você pode perder um pedaço de pedra
Mas jamais perderá a energia que reina
Na luz de um coração.
 

Uma árvore
Um banco
O silêncio do encanto
No pensamento.
 


Não importa o ângulo
Por onde os olhos passam
O amor percorre junto
Toca tranquilo
Flui profundo.
 


 A história de uma cultura que ensinou nos mínimos detalhes o que é amor.
 


No barulho das águas
A natureza se cria
No balanço dos ventos
Ela agradece ao tempo
A vida em movimento.
 

Um silêncio
Um minuto
Um toque profundo 
Em que olhar voa sem sair do lugar.
 

Como não poderia faltar
Aquele que me guiou na primeira vez
Ao lugar em que a luz se fez presente
Em meu olhar.



O tempo passou
E o que antes era nada
Floresceu.


 Um pequeno bichinho
Mostrando que o ninho
É o melhor lugar.


A árvore da vida
Fonte de energia
Conhecimento contínuo
Unindo corpos com suas almas.



Seis horas da manhã
Quem surge para me desejar bom dia?
Ele, meu doce bem-te-vi que me segue noite dia
Entre São Paulo e Ribeirão
Só para dizer:
Estou com você!


Um passeio pela cidade
Relembra os instantes em que o passado vira presente
E floresce no olhar.



É quase primavera
As flores perfumam, encantam e exalam amor no ar.


Termino a viagem onde tudo começou
Sei que é apenas uma passagem
Com direito a volta
Para tocar o meu amor.

Ribeirão Preto meu eterno amor!


Tânia Gorodniuk





segunda-feira, 7 de setembro de 2015

A vida é um mar de informações...



A vida é um mar de informações
Soltas pelo Universo
Dispersas nas mais diversas formas:
Jornais, canais de rádio e TV, internet, cinema, revistas, panfletos entre outros.

Hoje se vive uma avalanche de informações
Algumas sem nexo
Sem fundamentos
Apenas jogadas ao vento
Com o intuito de dispersar a atenção.

Não podemos nos ausentar das tecnologias que avançam dia após dia
Mas podemos sim selecionar o que queremos para a nossa vida.

Há cinco anos decidi ser eu mesma, ter o controle do que entra em minha mente.

A celebridade do momento é a dona "Crise" desculpem, mas a desconheço, e não tenho o hábito de falar com desconhecidos.

Juntamente com a decisão de controlar o que entra ou sai de minha casa, ou seja, a minha mente, descobri o bem mais valioso que possuo: o meu tempo.

Uso-o da melhor maneira, produzindo sempre, estou em constante processo de criação, aprendendo coisas novas, desenvolvendo outras, trazendo mais ferramentas para a minha maior produção: minha vida.

Certa vez numa palestra ouvi a seguinte frase: "tudo está solto no Universo, pega quem quer."

Se eu posso escolher, que seja algo que me auxilie em minha trajetória, que agregue valores.

É preciso cuidado com tudo o que se ouve, vê e lê. Tudo tem vários lados, às vezes temos acesso apenas a um desses lados e a história completa engloba os outros.

O ser humano adora viver a vida alheia, assim não precisa pensar na sua. Pensar cansa, gera trabalho e se for a nossa, haja transformação.

Autoconhecimento é quando silencio a mente para escutar o que há latente dentro de mim, medos, incertezas, sonhos, rancores, desejos...

Ao analisarmos o tamanho da bagagem poderemos decidir o destino e por qual caminho seguir.

Nestas idas e vindas me tornei leve, levo na bagagem apenas o que me faz, o necessário para ser.

Tenha o controle de sua vida e escolha você mesmo seu destino, você pode!

Você quer?



Tânia Gorodniuk


quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Sopro ao vento meu sentimento...



Sopro ao vento
Meu sentimento
Deixo ao anoitecer
Voar o meu amor
Ele encontrará um ninho
Um porto seguro
Que receba no aconchego
O beijo contido na bagagem
Saberá ler nas entrelinhas
O desejo do meu coração.

O amor é fogo que incendeia
Água que flui
Ar que permeia
Terra que floresce
E através dos sentidos voa sem razão.

Enquanto o coração procura
A alma sente, beija e abraça
Antes mesmo que o corpo receba
Este amor de presente.



Tânia Gorodniuk


Amigo...

Amigo é aquele Que te sente Que escuta o teu coração Que enxerga além do corpo Que toca num sopro A alma da gente. Amigo é um...