sexta-feira, 21 de agosto de 2015

A gente quer algo simples, a coragem de apenas ser.



É preciso ter graça
Coragem de rir de si mesmo
Destreza em cair e levantar
Harmonia de deixar o corpo ao vento
Dançando sem pressa
Curtindo o movimento.

É necessário amor
Para captar no ar
O aroma das flores
Para segurar no suspiro
O que na brisa chega.

É imprescindível ter
Os sentidos abertos
A alegria solta
Que provoca na boca
Um belo sorrir.

O que a gente quer?

Quem solte o freio
E acelere na magia da vida
Escondida em cada cantinho
Esperando ser tocado
Por um ser encantado,
Uma fada ou um mago.


Tânia Gorodniuk


www.tginspira.com.br

Nenhum comentário:

Paixão, um sentir que voou...

Paixão Instante em que o olhar se encantou Tocou o coração e voou... Paixão Sentimento inebriante Sentir pulsante Enquanto permeia...