sábado, 4 de julho de 2015

É noite...



Fecho os olhos
O som embala o corpo
Enquanto a alma dança feliz.

Basta apenas um toque
Um sopro
Um vento
E dentro de mim
Tudo se faz.

Um sentir que chega
Aconchega
Beija...

De onde ele vem?
Só o tempo dirá
Quando num outro vento
Trouxer o que hoje toca
E em mim provoca todos os sentidos.


Tânia Gorodniuk




Nenhum comentário:

A gente esquece o que importa, o que nos faz além do olhar...

A gente se esquece que o tempo voa Que a vida passa O que se tem é o agora E este não volta mais. A gente deixa para lá Tudo o que ...