sábado, 6 de junho de 2015

Quer saber... que se AME!



Quer saber...
Que se ame!

Quero ser por inteira
Quero sentir-me verdadeira
Em pleno querer.

Quero encontrar quem me faça
Quem encante os sentidos
Quem tenha ouvidos para ouvir meu silêncio
Quero dividir o que tenho
Aprender o novo
Quero construir a cada passo
Um novo pedaço de mim.

Quero a liberdade de voar
E a segurança de pousar
Onde me faz.

Quero e quanto mais quero
Busco tudo dentro de mim.

Já não basta amar sozinha

A gente doa e doa
Mas um dia precisa receber também.

Ando cansada de ruas vazias
Corações solitários
Por puro medo de perder
Então me pergunto:
Perder o que, se já não o tem?

É preciso coragem para seguir o que se sente
Mas é preciso um querer que supere todos os medos
Um desejo que gere uma ação.

Hora de jogar as muletas
Sair da inércia
E dizer CHEGA a solidão.

Quer saber...
QUE SE AME!



Tânia Gorodniuk


Nenhum comentário:

Um amor coragem...

O que me inspira e me faz flutuar Quando por algum motivo o chão se abre? Um amor coragem Um sentir que chega Abraça e aconchega ...