segunda-feira, 25 de maio de 2015

Transformação



Sinto que algo se transforma
De dentro para fora
O movimento é lento, mas constante
A cada dia me sinto diferente.

O que antes me fazia voar
Hoje não mais toca
Coisas que eram prioridades
Hoje deixaram de ser.

Há um choque entre os mundos
Há divergência no querer
Desejos que voam
Outros que chegam
Quase sem perceber.

Quem é esta nova mulher que surge
Inovando o que há em mim
Mudando tudo por dentro?

Ainda preciso de tempo
Para sentar e conversar
Com este novo ser
Que chegou sem avisar.

Foi devido à tempestade
Quando o meu outro eu naufragou
Despertei numa ilha deserta
Com uma outra pessoa presente dentro de mim
Que me trouxe à vida.

Agora me resta conhecer,
Conviver e aprender tudo outra vez.

Tânia Gorodniuk





domingo, 24 de maio de 2015

Em meio ao deserto...




Foi assim
Que o mundo mudou
As paredes caíram por terra
As portas viraram janelas
O chão se transformou...

O que antes era rotina
Agora findou
Já não existe tempo
Já não há movimento
Apenas um grande e imenso silêncio.

Neste terreno desconhecido
Sem estradas ou sinalização
Caminho perdido
Sem direção.

Hoje o importante é encontrar um rumo
Se encontrar em um novo destino.

Já não há referência
Quando a ausência se faz presente.

Em meio ao deserto
Tento sentir o vento
Tento fluir um novo sentimento.

Já que é hora de renascer
Que se faça
E mesmo em terreno árido
O amor floresça outra vez.


Tânia Gorodniuk




sexta-feira, 8 de maio de 2015

A vida em movimento...



Tem dias que o aprendizado vem num olhar
Aquele que observa e reflete.

Sentada no ninho
Meditando logo ao amanhecer
Estou entre árvores
Todas diferentes
Grandes
Pequenas
Altas
Baixas
Floridas
Lá fui eu, voar no olhar
Sentir o ar.

Quando somos sementes
Somos pequenos
Rentes ao chão
Nossa visão é restrita.

Logo que nasce o primeiro broto
Alcançamos o solo e logo sentimos os primeiros toques do tempo
O sol
O vento
A chuva
O orvalho.

Com o tempo nosso tronco se fortalece
A gente cresce
Enraiza
Cria forma.

A cada passo um novo aprendizado
Atingimos vários estágios
Novos galhos
Novas folhas
Estamos crescendo
E a cada fase o nosso olhar se levanta rumo ao céu.

Que maravilha é perceber que saímos do chão
Agora rumo às nuvens
Voamos
Neste processo
Crescimento - aprendizado
Amadurecemos
O nosso olhar já não é mais o mesmo
O nosso foco mudou
Saímos da visão restrita
Agora no alto
Temos a visão do todo
Muito mais ampla.

No auge
Florescemos
Damos frutos
E assim continuamos...

Somos àrvores em crescimento constante
Nos cabe aprender,
Adubar e crescer
Mais e mais.

Foram apenas alguns minutos
Em que a mente voou ao olhar
A vida em pleno movimento.



Tânia Gorodniuk



terça-feira, 5 de maio de 2015

Sentidos, sentimentos vivem no tempo...





Tem coisas
que o tempo
não apaga...
Outras
o vento traz,
o silêncio acentua
e outras que apenas ficam,
eternizam
e nos fazem.




Tânia Gorodniuk


sexta-feira, 1 de maio de 2015

Coragem é um amor sem medo


Coragem
É um amor sem medo
O medo é apenas um freio
Que nos faz parar
Deixar de seguir um querer
Deixar de sentir o que há por dentro.

Faça do medo o seu guia
Quando ele chegar desafie
Acelere no amor
E transforme o medo em desejo.


Tânia Gorodniuk






Uma carta ao tempo...

Será que vale a pena? Será que alguém entende? Será? Será que as palavras ainda são capazes de levar o que se sente? Será que os ...