quarta-feira, 9 de julho de 2014

Diz pra mim...



Diz pra mim
O que eu já sei
Conta pra mim
O que já sinto
Toca em mim
O que já possuo por dentro.

Venha pra mim
Sentir o que há no ar
No vento
O que mora em nós.

Tânia Gorodniuk






Nenhum comentário:

Quando um vento direcionou o olhar para um sentir...

Ninguém foge do destino O que está marcado para acontecer, um dia acontecerá. Num instante de luz A alma voou Levou no sentir o ...