terça-feira, 22 de abril de 2014

Voltar no tempo...



Hoje eu queria voltar no tempo
Para entender o que incomoda
Consertar o que machuca
Iluminar por dentro
As sombras que se acumulam.

Tantas perguntas
Sem respostas
Tantas portas fechadas
Outras janelas trancadas
E eu sem saber porquê...

O jeito é apagar a memória
Começar outra história
Renascer mais uma vez
Do que restou.

Somos pó
Que ao longo do tempo
Cria forma
Até que um dia o vento sopra e desmorona
Para que tenhamos a chance
De mais uma vez
SER!

Tânia Gorodniuk








Nenhum comentário:

Mudar, nem sempre é sinônimo de prazer.

A mudança nem sempre é prazerosa. A gente tem medo de mudar Até que um dia Depois de um tempo A gente muda sem pensar Num silencioso m...