quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Lua Cheia permeia a minha alma




Fui caminhar
Que alegria foi te encontrar
Te ver lá no alto
Linda
Cheia
Brilhante
Serena
Agora entendi
Porque meu coração sorri
Vibra
Ama sem saber porque
É você
Que toca
Afaga a alma
E faz tudo acontecer.

Quando você chega
Meu corpo sente
O coração se alegra
Porque é hora
De libertar o melhor que há
O amor que lateja
Borbulha por dentro
Imenso sentimento
Que já não cabe mais em um só ser
Ele precisa
De outro alguém para viver
Pulsar
Sorrir
E amar.

Lua
Linda
Cheia
Iluminada
Faz da magia
Um sonho
Faz da alegria
Realidade
Faz do passado
Presente
E do futuro
Semente
Do mais puro amor.

Lua que me guia
Afaga a minha alma
Faz da magia, alegria
Do amor, doce prazer...




Tânia Gorodniuk


Nenhum comentário:

Uma carta ao tempo...

Será que vale a pena? Será que alguém entende? Será? Será que as palavras ainda são capazes de levar o que se sente? Será que os ...