terça-feira, 22 de outubro de 2013

O amor é a soma de todos os meus amores



O amor
Um sentir
Que flui do coração
Invade corpo e alma
Incendeia
Ilumina
Permeia
Liberta
Transforma
E como ele começou?

O amor nasce em cada ser
Floresce em cada estação
Cada amor que acontece
O faz forte
Somos todos os amores
E todos são apenas um.

Não queira apagar um amor
Ele será eterno
Pois fez parte de sua história
Na construção do seu amor maior.

Hoje você é o amor de quando nasceu
Quando sentiu
Quando deixou o amor fluir
Você é cada amor que por você passou
O que deixou
Foi mais uma semente de amor.


Tânia Gorodniuk




Nenhum comentário:

Uma carta ao tempo...

Será que vale a pena? Será que alguém entende? Será? Será que as palavras ainda são capazes de levar o que se sente? Será que os ...