quinta-feira, 9 de maio de 2013

Colo de mãe!



Tem dias que a gente acorda assim
Pequeno
Com uma saudade
Do colo de mãe.

Queremos colo
Queremos abraço
Queremos voltar ao passado
Propriamente ao lugar onde tudo era tão gostoso
Quentinho
Sereno
Tranquilo
Que gostoso era o nosso ninho materno!

Tem dias que a gente acorda assim
Pequeno
Olha e sente
O mundo gigante...

Colo de mãe
É tudo de bom
Você pode ter 5, 10, 20, 50, 80...

Mãe será sempre o anjo
Que acolhe
Que cura
Resolve
Traz força
Dá coragem
Doçura pura
Para o nosso viver.



Tânia Gorodniuk


Nenhum comentário:

Hora de esperar... observar e sentir!

A gente fala, fala Enquanto ama Enquanto sente o amor latente A gente se cala Quando percebe que mesmo amando Incomoda Nesta hora ...