domingo, 10 de março de 2013

Sentir a natureza e sorrir...



Eu quero
E quanto mais eu quero
Te sinto perto de mim...

Quero sentir a terra
Tocar a água
Sentir as folhas das árvores
O cheiro das flores
O canto dos pássaros
Quero cheiro de mato.

Não sei de onde vem
Tamanho desejo
De sentir a natureza em mim
Mas sou assim
Alguém que sorri
Só por sentir
Cada toque...

Olhar o céu e voar
Sentir a natureza e sorrir
Tocar a terra e conectar à energia
Magia divina chamada vida.

Sou um ser
Que sente
E voa livremente
Por onde os olhos tocam
Sem medo
E pousam no segredo
De outro olhar.

De onde é que vem o que sinto?
De onde é que nasce o meu sorriso?
Num lugar
Onde a magia se faz
Onde os sentidos vibram
A cada toque
A cada olhar
Cada vez que meu coração suspira
Ao sentir a vida dentro de mim.




Tânia Gorodniuk

Nenhum comentário:

Uma carta ao tempo...

Será que vale a pena? Será que alguém entende? Será? Será que as palavras ainda são capazes de levar o que se sente? Será que os ...