quarta-feira, 25 de julho de 2012

Um amor dentro de mim



Há um amor dentro de mim
Que vive há tempos
Guardado
Que pulsa, respira e me faz sentir.

Já tentei entender
Já corri pra esquecer
Já voei pra buscar
Já andei sem saber
Já o senti
Mesmo sem ver.

Este sentir não é de agora
Não é de hoje
Muito menos desta vida.

Hoje eu sei
É um amor além da vida
Um amor que vem de antes
Um amor de almas
Algo que sempre sonhei
Em ter pra mim
Por isso o sinto
Tão forte, intenso.

Hoje o entrego
Hoje o liberto
Para voar
Desprendo-o de mim
Renasço a partir do instante
Que o deixo sair
Para que possa seguir livre.

O meu ser
É feito de amores
Que sinto
Que vivo
Que cultivo
Dentro de mim.

Amo para viver
Vivo para amar
O amor faz de mim
Tudo o que sou
Um ser amor.


Tânia Gorodniuk





Nenhum comentário:

Hora de esperar... observar e sentir!

A gente fala, fala Enquanto ama Enquanto sente o amor latente A gente se cala Quando percebe que mesmo amando Incomoda Nesta hora ...