quarta-feira, 27 de junho de 2012

Quando a gente ama


Quando a gente ama
O coração admirou
E encontrou em outro coração um sentir.

A gente ama
O que sente
O corpo aquece
Há um borbulhar dentro do peito
Um calafrio percorre todo o nosso ser
Os olhos brilham
O sorriso mostra que a alma foi tocada
A gente fica contente
Sente uma enorme vontade de cantar, dançar, gritar
Tamanha felicidade
Que explode dentro de nós.

Quando a gente ama
Ama tudo isso
Amar não tem regras
Nem medidas
Amar só requer
Deixar o coração livre
Pra sentir
Tudo fluir
E se deliciar
Neste imenso prazer.

Quando a gente ama realmente
A gente sente, demonstra
Quando a gente ama
Nada mais importa
A não ser o amor que por hora aflora...



Tânia Gorodniuk

Nenhum comentário:

Hora de esperar... observar e sentir!

A gente fala, fala Enquanto ama Enquanto sente o amor latente A gente se cala Quando percebe que mesmo amando Incomoda Nesta hora ...