terça-feira, 10 de abril de 2012

Não há distância para um grande amor


Para um grande amor não há barreiras
Não há distância
Não há fronteiras...

Um grande amor voa
Nas asas do coração
Pede ao vento carona
E pousa sem perceber
Quando acertou o alvo
Porque o amor o levou.

O amor é pura energia
Que flui
Como magia
Irradia
E se conecta em outro ser.

Como duas metades que se unem
E se fundem em um só coração.

O verdadeiro amor sente
Respira
Transpira
Suspira
Pulsa
Na mesma frequência
E quando as ondas não se tocam
Sente a sua ausência.

O alimento deste amor
É o sentir
É o prazer que vibra
Quando as mãos se tocam
Quando os olhos se cruzam
Quando o sorriso se faz.

Amar é assim
Algo que a gente sente
E não consegue descrever
O que na mente da gente acontece
E no coração se faz crescer.

Não há distância para um amor
Pois o amor voa
Para onde for
Só pra encontrar outro coração e pulsar.

O amor não segue uma linha
Nem parâmetros, métricas ou padrões.
O amor segue o que no coração vibra
E na alma toca
Provocando no corpo um doce prazer.



Tânia Gorodniuk



Nenhum comentário:

Um dia de Domingo!

Um dia de domingo... Amanhece O cheiro de orvalho ainda paira no ar Abro a janela Deixo o Sol entrar Fecho os olhos só para sentir...