sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Árvores de Natal - Dicas e ideias

Que tal inovar este ano?
Montar uma árvore de Natal ao seu estilo.

Procurei algumas ideias para dar uma ajudinha...

Esta ficou interessante, você monta metade e com o espelho a completa.


Esta aqui é genial para quem não tem tempo e nem espaço, foi só deixar cair os livros e pronto!


Para quem gosta de ler um bom aproveitamento, juntar todos os livros numa pirâmide colocar em volta as luzes e temos uma árvore diferente!


Esta eu amei a criatividade, vários corações, estrelas, bolinhas tudo colado na parede. Genial para quem tem espaços pequenos.


Aqui uma ideia original, uma escada aberta já faz o desenho de uma árvore e colocando as luzes é possível pendurar enfeites nos fios. Linda!


Aqui diferente da anterior sem luzes, somente com bolas e fitas nas cores natalinas. Ideias para todos os gostos e bolsos.


Aqui uma árvore típica da vovó com xícaras e pires dividida por cores e tamanhos finalizando com uma super estrela na ponta e um lampião na base. Show de bola!


Um pouco mais discreta esta pequena árvore não deixa a desejar no grande estilo. Evidenciou as cores vermelho, verde e dourado formando um lindo desenho na parede. Um luxo!


Não poderia faltar algo moderno, mais prático e decorativo. Para aqueles que gostam de algo mais sutil e discreto, esta arrasou no charme!


A natureza em pequenos vasos, uma maneira de colocar o verde, a terra, as flores aliadas as velas que encantam qualquer ambiente. Lindo toque de cores!


Um trabalho mais artístico, colar pequenos galhos artificiais na parede e enfeitar com cartões e bolas. O charme ficou por conta do contorno branco dando a ideia de neve. Maravilhoso!


Algo mais prático, rápido e rústico, velas e madeira. Apesar da simplicidade traz o encanto da idade medieval, a magia dos castelos, bem original.


Que tal inovar? Uma árvore de cabeça para baixo, ousado, inusitado e muito bonito com várias luzes. Para quem deseja surpreender, fica a dica.


Na hora de servir porque não fazer de um jeito natalino? Uma mesa de queijos bem bacana, todos irão amar!


Uma árvore utilizando material reciclável, tubos de papelão e bolas coloridas. Diferente, de custo baixo e bem original além de não ocupar muito espaço.


Uma árvore futurista, são várias placas finas de madeira intercaladas formando esta espiral que dá toda a elegância e vida ao objeto. Uma obra de arte!


Os galinhos mais finos já decoram sem querer, o uso do verde e do dourado trazem um certo glamour a árvore. Discreta e muito charmosa!


Aqui a árvore tradicional com fitas, bolas, estrelas, luzes, bem colorida que nos remete a infância.


Quando eu vi esta árvore feita por uma loja, não acreditei, um arraso! Que criatividade, utilizando as cores vermelho e branco e a disposição fechou com chave de ouro a minha amostra natalina.


Quando eu pensei que já havia visto tudo, olhe o que encontrei, uma árvore de feltro com desenhos com velcro para grudar e personalizar a decoração do seu pequeno. Não é linda?


Agora sim acredito que pude contribuir com alguns achados para que vocês voem na imaginação e façam deste Natal pura magia.

Criem do seu jeito a sua árvore natalina, depois se quiserem postem fotos no Facebook vou amar conhecer.



Tânia Gorodniuk

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Pessoa de Fibra




Pessoa de fibra
é aquela que não esconde o que sente
seus medos
seus receios
é aquela que fala e age conforme o que diz
é aquela que não tem medo de ser feliz
é aquela que aceita como é
e se ama muito.

Pessoa de fibra
Tem um doce molejo
Move-se de acordo com o vento
E dança conforme a melodia
Pessoa de fibra
Sorri mesmo na dor
Porque sabe
Sorrindo onde estiver
Haverá luz
E esta cuidará do coração.

Pessoa de fibra
Encanta
Pessoa de fibra
Ilumina
Pessoa de fibra
Um ser que é forte por fora
E macio por dentro
Age para a conquista
E se deleita na emoção.

Pessoa de fibra
Liga os pontos
Constrói pontes
Encontra caminhos
Desata os nós...

Pessoa de fibra
Aprende todo o dia
Porque sabe
Que no amanhã
Haverá novas lições.



Tânia Gorodniuk

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Hoje acordei assim...



Hoje acordei assim, criança...
Repleta de esperança
Com vontade de voar
Cheia de vontade de brincar com a vida
E ser feliz!

Faça como a criança
Ela recebe os brinquedos
Faz a sua história
Cria um cenário
E vive a sua verdade
A sua realidade.

Receba o que a vida lhe proporciona
E faça o melhor
Afinal nem tudo é como a gente gostaria
Mas o como fazer
A criação
É por conta de cada um.







Tânia Gorodniuk


quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Um sonho de Natal!



Era uma vez...

Uma noite linda
Mágica acontecia
Estrelas brilhavam no céu
Não se via o fundo azul
De tanta luz.

Era noite de Natal
Milhares e milhares de crianças aguardavam
O tão esperado Papai Noel.
Já era tarde da noite
Quando uma pequena
Decidiu ir à janela
Sentou-se na beira do telhado
Deitou-se e ficou admirando
Aquele céu iluminado
A Lua se escondia por trás de tantas estrelas.

Como magia
Começou a nevar
A criança sorria
Por não acreditar no que via
E o que sua pele sentia
No toque frio da neve caindo
Maravilhada
Ela simplesmente sorria e dizia:
É neve!

De tanta neve
Seu corpo afundou
E mal conseguia levantar
Para entrar no seu quarto.

Nesta sensação gostosa
De estar mergulhada na neve
Eu acordei
E lembrei de cada detalhe para contar
Porém uma coisa é certa
O que eu senti
Não há palavras para expressar
A minha alma voou
O meu coração sorriu
E hoje eu estou assim
Iluminada de tanto prazer.

Um sonho
É quando o corpo solta  a alma para voar
É quando o coração materializa um desejo
E o faz acontecer...



Tânia Gorodniuk


segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Que seja eterno o meu amor...


Que seja eterno
Enquanto dure
Que dure para sempre
A vida
O amor
A paz
A alegria
A fé
A esperança
A magia
A alma de uma criança
Que eu mantenha
Acesa a chama
A chama que vibra a alma
A chama que abastece o meu coração
O sopro divino.

Enquanto houver um sopro divino
Que seja eterno o meu amor
Pela vida, pela magia
De ser e estar aqui.



Tânia Gorodniuk



quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Dia do Médico - Parabéns!!!!


Há 20 anos ele cuida dos meus filhos
Um anjo na terra
Ele ama o que faz
Cuidar das crianças
Do jeito antigo de ser:
"Mel com limão" um santo remédio!

Tem sempre uma palavra doce
Um carinho especial à nós pais
Protetores incondicionais dos filhos
Uma paciência de Jó.

Tudo o que eu disser será pouco
Para agradecer este ser maravilhoso
Obrigada por estar sempre ao nosso lado
Dr. Paulo Mandelbaum.

Tânia Gorodniuk e filhos (Bruno, Beatriz e Bianca)




quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Ah, o amor...



O amor a gente não vê
Mas sente como ninguém
O amor é algo que
Flui sem perceber
Num gostoso bem estar
Que irradia dentro de nós
Alegria que contagia
E vai além...

Quando se ama
Tudo tem sabor
Tem cor
Tem cheiro
Tem forma
Tem som
De AMOR!

Quando se ama
Ama o que vê
Ama o que sente
Porque amar
Aflora o melhor da gente.

O amor é a felicidade
Que não cabe no coração
E invade o mundo sem direção.

A gente apenas quer
Tocar o que há em nós
Em outro ser
E sentir a vida pulsar em outro olhar.

A gente quer
Carinho fora de hora
Beijo sem motivo
Um abraço surpreendido
Palavras ditas por sentir
O coração cheio de amor.



Tânia Gorodniuk


segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Árvore da vida




Viemos de um fruto
Fomos semente
E no solo familiar
Criamos raízes
Crescemos fortes
Conquistamos nosso espaço neste mundo.

Cada galho uma ação
Cada folha uma palavra
Cada flor uma reação
E cada fruto uma realização.

Se cada um de nós fizesse a seguinte reflexão
Sou um ser e tudo o que faço reflete em mim
Cada palavra, cada ação, cada gesto
Tudo o que fizer
Voltará e eu sentirei.

Reflita agora
O que tem feito?
Como tem agido ultimamente?
O que tem doado de si aos outros?
Tem se dedicado a quem ama?
Tem dito o que sente?

Se estamos felizes
O mundo entende
Se estamos tristes
Ele entende também
Se nos agredimos
O corpo sofre
A alma padece
A vida pára
E a nossa árvore seca.

O que importa nesta passagem terrena?
Ser feliz
Fazer o bem
Semear o amor
Nos amar
E dizer sempre:
AMO VOCÊ!
Seja para o outro
Seja para a vida
Seja simplesmente para agradecer
O amor de quem nos criou.

Um dia de paz, amor e reflexão:
Quem sou?
O que eu quero?
O que eu faço?
Estou feliz assim?



Tânia Gorodniuk


quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Capacitados para amar




Somos todos capacitados para amar
De formas diferentes
E são estas diferenças que nos aproximam
Cativam o nosso coração
A perfeição não existe
O que existe é o que está em constante construção
Em movimento
Tirando da vida o proveito
Aprendendo a cada dia
Uma nova lição.

Com amor a gente vive
Este amor nos faz sentir
O que o outro sente
A gente compreende e segue
De mãos dadas este caminho
Ninguém é alguém sozinho
Somos parte de um todo
E o todo tem um pouco de nós.

Faça como a criança
Um dia de cada vez
Passo a passo
Aos poucos a gente chega
E conquista mais um degrau.

Somos todos capacitados para amar, iluminar e ser feliz!

Tânia Gorodniuk




sexta-feira, 10 de agosto de 2012

A magia do amor


Se procura alguém achará um corpo, se procura um sentir encontrará a magia do amor.

Há no mundo vários corações
Que buscam um amor
Que necessitam amar
A cada encontro há um sentir
Uma amizade
Um olhar
Uma saudade
Uma vontade de viver.

As almas estão conectadas
Esperando apenas o encontro dos corpos
Quando estes corações de almas traçadas se encontram
Há a explosão de um sentir
Há um toque no olhar
Um vibrar no sorrir
Nesta hora cada corpo entende que encontrou
A alma que sempre procurou.

Amar é conectar a alma ao corpo
É sentir com todos os sentidos este amor
Um arrepio na pele
Um brilho no olhar
Um som encantado
A magia no sorrir
Um cheiro de amor no ar
O corpo sente tudo
E alma vibra porque este sentir flui
O desejo maior
É parar o tempo
Silenciar
Sem se movimentar
Só pra que o sentir fique
Sem sair do lugar.

Este amor
É algo maior
Um poder de luz
Uma magia contida
Em cada sensação
Em cada suspiro
De pura emoção.

Deixe o amor tocar o seu coração
Entregue-se e viva
Algo diferente
Algo que transcende a razão
Uma vez que a emoção explode no ar.

Uma linda noite!

Tânia Gorodniuk




terça-feira, 31 de julho de 2012

Nada é pra sempre




A gente não sabe nem o que vai acontecer daqui a alguns segundos
Como queremos algo pra sempre?

Alguém sabe o prazo de validade de cada um?

Eu quero viver cada momento como único
Eu quero sentir tudo o que puder
Se é pra depois
Só o tempo dirá
Se não o for
Em meu coração haverá algo muito bom pra lembrar.



Tânia Gorodniuk


quinta-feira, 26 de julho de 2012

Amor de avós



Amor de avó
Amor de avô
Que gostoso que é
Dizem que são pais duas vezes.

Avós brincam...
Coisas de avó:
Crochê
Tricô
Bordado
Receitas...
Coisas de avô:
Histórias
Lembranças
Conversas infinitas
Passeios...

Avós não precisam ser pais
Então sobra todo o tempo do mundo
Para serem "legais".
Avós mimam
Avós divertem
Avós educam de um jeito diferente
Sem querer.

Há tanta história pra contar de uma vida
Memórias da infância
Diferente da nossa
Brincadeiras de criança
Que hoje a gente nem vê
Avós são livros falantes
Que nos mostram a vida com sabedoria
A gente muitas vezes não entende
Mas presta uma atenção...
Eles tem um carinho todo especial
Olham pra gente e quase choram só de olhar
A gente não entende
Mas quando cresce percebe
Que isto tudo fez a gente diferente
E se hoje somos o que somos
É graças a eles
Que trouxeram pro nosso coração
O amor mais puro
Mais intenso
Mais bonito
Mais sincero
E em palavras com muito carinho
Plantaram em nós a sua história
Para no amanhã
Passarmos adiante
E assim de gerações a gerações
Termos algo pra contar.

Alguns avós estão por aqui
Outros já nos aguardam em outro lugar
Mas no coração
Todos estarão sempre
Presentes no sorriso,
Iluminando o olhar.

Amor de avós é pra sempre
E como semente, perpetua...

Parabéns para estes seres especiais
Que emanam amor num simples olhar!




Tânia Gorodniuk


quarta-feira, 25 de julho de 2012

Um amor dentro de mim



Há um amor dentro de mim
Que vive há tempos
Guardado
Que pulsa, respira e me faz sentir.

Já tentei entender
Já corri pra esquecer
Já voei pra buscar
Já andei sem saber
Já o senti
Mesmo sem ver.

Este sentir não é de agora
Não é de hoje
Muito menos desta vida.

Hoje eu sei
É um amor além da vida
Um amor que vem de antes
Um amor de almas
Algo que sempre sonhei
Em ter pra mim
Por isso o sinto
Tão forte, intenso.

Hoje o entrego
Hoje o liberto
Para voar
Desprendo-o de mim
Renasço a partir do instante
Que o deixo sair
Para que possa seguir livre.

O meu ser
É feito de amores
Que sinto
Que vivo
Que cultivo
Dentro de mim.

Amo para viver
Vivo para amar
O amor faz de mim
Tudo o que sou
Um ser amor.


Tânia Gorodniuk





Parabéns ao Escritor!




O escritor é um ser
Que escreve tudo o que sente
Transcreve o que o coração diz
Adora passar para o papel
Tudo o que vê
Tudo o que passa
Tudo o que deseja.

Está sempre observando tudo ao redor
Pensa
Reflete
Busca
Aprende
Escreve para não esquecer o que guardou.

Um escritor
Olha e sente
Deixa a mente voar
Quando ela retorna sente novamente
E só então escreve o que sente.

Obrigada a estes seres de luz
Que dividem sua história
E trazem na trajetória
Um doce aprendizado
Marcado por sentimentos divinos
Histórias de amor
Esperança
Fé e coragem
Fazendo assim
Um mundo melhor.

Parabéns meu amigo escritor
Que faz da escrita
Um ato de amor!




Tânia Gorodniuk


Parabéns aos Motoristas!




Motorista
É um artista
Que descreve em seu olhar a estrada
Um ser corajoso
Que não tem medo do novo
Segue seu caminho
Rumo à um destino
Coordena preciso a direção
Guarda tudo o que vê e sente
Em seu coração.

Motorista
Adora guiar
Sentir em suas mãos
O poder de direcionar a vida
Para onde quiser chegar.

Motorista
Um ser sublime
Um ser de luz
Que leva sempre com carinho
Pessoas para um divino passeio,
Carga para um destino,
Seja o que for
Segue
Reza
Pede proteção
E segue no que ama fazer
Guiar.

À você
Amigo motorista
Um artista da vida
Um escultor da estrada
O meu carinho
O meu abraço
Por ser a toda hora
O meu anjo condutor.

Obrigada por seu carinho e amor
Ao que faz
Com brilho no olhar.



Tânia Gorodniuk

segunda-feira, 16 de julho de 2012

Gosto de gente que sente





Gosto de gente
Que não se importa com o tipo de roupa
Se tem ou não carro
Gosto de gente
Que possui
Não posses
Mas sentimentos.

Gosto de gente
Que carrega na simplicidade
Um sentir
Puro e verdadeiro
Que não muda como o tempo
Mas permanece na essência para sempre.




Tânia Gorodniuk


Uma carta ao tempo...

Será que vale a pena? Será que alguém entende? Será? Será que as palavras ainda são capazes de levar o que se sente? Será que os ...