terça-feira, 4 de maio de 2010

O amor não vê defeitos, apenas enaltece a alma



“Se é a razão que faz o homem, é o sentimento que o conduz." (Jean Jacques Rousseau)


O amor é assim
Tem um olhar profundo
Que capta num segundo
Todo o ser
Ele não vê falhas
Ele não pede nada em troca
Simplesmente ama.

Ele absorve a nossa alma
Prende o nosso coração
Acelera a respiração
Nos inflando de felicidade.

Mas quando ele vai embora
Leva tudo consigo
Nos deixa sem abrigo
Sem coração.

Alimente o seu amor
Não o deixe partir
Ele se faz necessário
Para um mundo melhor.



Tânia Gorodniuk





Nenhum comentário:

Hora de esperar... observar e sentir!

A gente fala, fala Enquanto ama Enquanto sente o amor latente A gente se cala Quando percebe que mesmo amando Incomoda Nesta hora ...