sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Anjos que consolam um coração



Tem dias que preciso, necessito de alguém
Para me abraçar e me dizer que tudo ficará bem
Um colo para chorar o que meu coração não sabe decifrar
Não consegue entender o porque
Recusando aceitar o que voou.

A vida às vezes nos machuca
Mexendo na ferida nos faz sentir dor
A dor da partida, da triste despedida
De um grande amor
Que alegrou o nosso coração
Por um tempo que passou.

Uma nova estrada se abre
Eu não sei para onde vou
As lágrimas me acompanham
Para dizer que o tempo vai mudar
O sol vai aparecer
E novamente vou sorrir
Uma vida nova se abrirá para mim.

O amor continuará vivo
Para dizer o que vivi,
O que senti e o que mudei.

Através desta semente brotará um sentimento
Mostrando um jeito novo de ser feliz
Uma esperança irá surgir.

Um anjo
Que toca
Que sente
Que afaga
Que ama
Que cuida
Que está sempre
Em meu coração.

Obrigada meu anjo por me amparar.

Que os anjos iluminem o seu caminho hoje e sempre.


Tânia Gorodniuk




Nenhum comentário:

Hora de esperar... observar e sentir!

A gente fala, fala Enquanto ama Enquanto sente o amor latente A gente se cala Quando percebe que mesmo amando Incomoda Nesta hora ...